Sargento da PM morre após tiro acidental ao evitar linchamento de criminoso - Revista Camocim

Clique na imagem e fale com a gente

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Financiamento a partir de R$160 mil.Venha conversar com a gente. Clique na imagem.


Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 28 de novembro de 2023

Sargento da PM morre após tiro acidental ao evitar linchamento de criminoso


Um policial militar morreu após ser atingido por um disparo acidental, em São Benedito, no interior do estado. O caso aconteceu na madrugada desta sexta-feira (28), quando equipes da Polícia Militar (PM-CE) faziam a captura de Francisco Denis de Morais, que há cerca de 20 dias, praticava crimes sexuais na região. Pelo menos 4 mulheres teriam sido vítimas do acusado.


No momento da prisão, dezenas de populares agrediam o suspeito que tentava se proteger. Chegando no local, os PMs tentaram proteger Francisco e conduzí-lo para a viatura. Foi na saída do local que dois policiais subiram nos estribos laterais do veículo para evitar o linchamento do acusado. E de acordo com o que foi apurado de maneira preliminar, a viatura passou por uma lombada na via, que fez com que o colega de farda do Sargento Almeida perdesse o equilíbrio e efetuasse um disparo acidental que atingiu primeiramente o teto da viatura, e em seguida o policial.


Sargento Almeida tinha 30 anos de serviço na corporação e estava prestes a se aposentar.


Ceará News 7