Após 18 dias, corpo de camocinense é encontrado em matagal em Camocim - Revista Camocim

Clique na imagem e se inscreva no nosso canal


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




sexta-feira, 3 de novembro de 2023

Após 18 dias, corpo de camocinense é encontrado em matagal em Camocim

Os acusados do homicídio não teriam dito o local exato onde haviam deixado o corpo da vítima, daí a demora para encontrá-lo.



Após 18 dias, finalmente o corpo de Francisco Cristiano da Hora Frota, 37 anos, foi localizado. O corpo já esquelético estava semienterrado em uma cova rasa e foi localizado por um policial militar de folga com a ajuda de alguns amigos, e estava em uma mata localizada na continuação da Rua 1º de Maio, já nas proximidades da Chácara Lago Seco


Desaparecimento


A vítima era portadora de deficiência mental parcial e residia na Rua Central, Conjunto da Ana Maria, bairro Boa Esperança e estava desparecida deste o dia 16 de outubro, ocasião em que havia saído de casa e não tinha mais voltado.


Morto a pauladas


Conforme o apurado pela redação do blog Camocim Polícia 24h, na noite do dia 21 de outubro, os policiais militares do Raio de Camocim tiveram acesso a um vídeo que rolou nas redes sociais que mostra dois indivíduos golpeando a vítima a pauladas. No vídeo, a vítima já está inconsciente dentro de uma cova rasa, enquanto dois indivíduos a golpeavam a pauladas. Ainda na mesma noite, os pm’s localizaram um menor e um adulto que aparecem no vídeo golpeando a vítima a pauladas, sendo eles os acusados do sinistro. Na ocasião, os dois foram conduzidos à DRPC de Granja, teriam se recusado a falar onde haviam deixado o corpo e foram liberados momentos depois.  


Equipes da Polícia Militar se encontram resguardando o local do sinistro. Equipes da Pefoce e do rabecão já foram acionadas. Equipes da Polícia Civil de Camocim investigam o caso que chocou a cidade.

Camocim Polícia 24h