Ceará reduz número de roubos e homicídios nos primeiros nove meses de 2023 - Revista Camocim


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




segunda-feira, 16 de outubro de 2023

Ceará reduz número de roubos e homicídios nos primeiros nove meses de 2023

 


De janeiro a setembro de 2023, o Ceará registrou índices menores de criminalidade. No período, o estado teve quedas de 5,1% para mortes violentas e de 5% para roubos. Os dados da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social fazem comparação com os mesmos meses de 2022. Nos dados compilados, foram 2.124 mortes violentas de janeiro a setembro de 2023. O mesmo período de 2022 teve 2.238 registros. Estes dados englobam homicídios dolosos, feminicídios, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Fortaleza teve uma diminuição ainda maior nos registros: a capital teve queda de 21,4% nas mortes violentas. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, o resultado vem do trabalho estratégico e integrado das Forças de Segurança do Ceará. O levantamento é da Gerência de Estatística e Geoprocessamento.


De acordo com Samuel Elânio, secretário da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, o fortalecimento do trabalho de inteligência com a atuação ostensiva e preventiva deve ter um próximo passo com o aumento efetivo de policiais formados pela Academia Estadual de Segurança Pública. Os roubos, chamados de crimes violentos contra o patrimônio, também tiveram resultados positivos para a capital e para o estado. Na comparação dos primeiros nove meses do ano, 2023 registra uma queda de 5% no Ceará em relação a 2022. Isoladamente, o último mês de setembro mostra resultados positivos em todos os cenários de comparação com o mesmo mês de 2022. A redução foi de 274 roubos e 10 mortes violentas no Ceará.


Ceará Agora