Sigilo Quebrado trata do caso Natália Albuquerque, o primeiro sequestro do Ceará - Revista Camocim

Clique na imagem e se inscreva no nosso canal


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 12 de setembro de 2023

Sigilo Quebrado trata do caso Natália Albuquerque, o primeiro sequestro do Ceará

 


O primeiro episódio do podcast 'Sigilo Quebrado', novo podcast sobre true crime do Diário do Nordeste, conta como a menina Natália, de seis anos, foi atraída pelas próprias vizinhas com coelhinhos de pelúcia, para o que viraria seu sequestro e, depois, sua morte. O crime aconteceu há 31 anos, em Camocim.


No total, serão cinco episódios, publicados semanalmente, para contar a história que se tornou o primeiro caso de extorsão mediante sequestro do Ceará. Para a produção do episódio, Emerson Rodrigues ouviu o pai e a tia de Natália, José Mota Lopes Siebra e Valdira Lopes, e analisou trechos do processo judicial que tratou do caso e de reportagens publicadas à época.


 


O episódio vai traçar um panorâmico histórico sobre a "indústria" do sequestro que existia nos estados do Sudeste do Brasil no fim dos anos 1980 e anos 1990. Sobre o Caso Natália, vamos falar sobre os detalhes já explorados e outros ainda inéditos sobre a investigação do caso na visão dos delegados, Luiz Carlos Dantas e Herbet Ponte e Silva. Utilizamos ainda trechos do processo criminal. O nome do episódio faz referência ao valor pedido como resgate pelas três mulheres. 


O delegado Herbet Ponte e Silva Dantas vai contar como foram as buscas iniciais e as prisões de duas das acusadas. Já Dantas fala sobre a ida dele para Camocim, como um delegado especialista em investigar esse tipo de crime. Além de uma viagem ao Rio de Janeiro durante a apuração do caso.


 

O episódio vai narrar as versões de cada uma das três sequestradoras e o fim da busca do Sigilo Quebrado para encontrar uma das sequestradoras. Localizamos Vânia Félix Ferreira. 


No programa, usamos também trechos do processo criminal e refizemos narrações com base nos documentos oficiais e em entrevistas concedidas na época do crime. 


Para a Polícia, nunca houve dúvidas de que tudo não passou de um crime de extorsão mediante sequestro com resultado morte, mas para duas das sequestradoras, o crime foi uma vingança contra a mãe da vítima, Dona Verônica, mulher do Sr. Zezinho Siebra. 


O Sigilo Quebrado localizou Vânia Félix Ferreira, mentora do crime.



O 4º episódio do Caso Natália, "Liberdade antecipada", traz uma entrevista com o advogado Armando Costa Júnior, que conseguiu fazer com que o regime de cumprimento da pena das condenadas fosse alterado.


O editor de Segurança do Diário do Nordeste discute também se a Justiça foi feita a partir do entendimento do pai da menina Natália, José Mota Lopes, o senhor Zezinho Siebra.


O crime que resultou na morte da menina Nathália, de seis anos, aconteceu há 31 anos, em Camocim. A criança foi atraída pelas próprias vizinhas com coelhinhos de pelúcia, para o que viraria seu sequestro e, depois, sua morte.


Diário do Nordeste