Prefeitura de Camocim esconde da população as conferências municipais - Revista Camocim

Se inscreva nosso canal no YouTube


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quinta-feira, 6 de julho de 2023

Prefeitura de Camocim esconde da população as conferências municipais


A mídia com força total é utilizada apenas para eventos de pré-campanha eleitoral disfarçados de inaugurações. 

Alfinetada


O Município de Camocim já realizou, até onde se sabe vagamente, as conferências municipais da saúde e da Assistência Social e… Stop! "Como assim, vagamente?" Sim! Vagamente, porque a prefeitura escondeu os dois eventos, realizados com objetivo de discutir e planejar as respectivas políticas públicas com quem de direito, no caso, o povo! 


O modus operandi


A prefeitura realiza primeiramente as pré-conferências, convocando pessoas da sociedade civil e servidores públicos ligados ao governo municipal. Ou seja, acaba sendo eventos de comadres e compadres.


Nessa primeira etapa, a divulgação do tema e dos eixos temáticos, na imprensa local, são zero! A população fica sem saber e até mesmo quem participa fica boiando. 


Já na dita Conferência, em que serão escolhidos os delegados para as etapas regionais e estaduais, a prefeitura repete a mesma metodologia: transparência pública = zero! Ninguém fora da panelinha fica sabendo. Somente após a realização do evento é que o serviço de comunicação da prefeitura publica matérias nas redes sociais tratando, repito, 'vagamente', do assunto, e insinuando que houve ampla participação popular. 


Na última terça-feira, 04, por exemplo, no Auditório do IFCE Campus Camocim, foi realizada a 12ª, Conferência Municipal de Assistência Social, com o tema: “Reconstrução do SUAS: O SUAS que temos e o SUAS que queremos”. Eis a 'postagem meia-fak' pós-evento.


"Camocim realizpi sua 12ª Conferência Municipal de Assistência Social com o tema: “Reconstrução do SUAS: O SUAS que temos e o SUAS que queremos”.


As conferências oportunizam reunião do Governo com as pessoas da sociedade civil, com a população em geral, em especial com os usuários(as) da referida política, para debater e decidir as prioridades nas políticas públicas para os próximos anos.


Em pauta, debates e reflexões de interesse coletivo para compor propostas estratégicas e avançar na construção da Assistência Social enquanto política pública.


A Prefeitura de Camocim através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania e do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), realizou a 12ª Conferência Municipal de Assistência Social nesta terça, 04, no auditório do IFCE Campus Camocim".


Continuando a alfinetada


O evento aconteceu, mas passou léguas do que disse a matéria no segundo e terceiro parágrafo. 


Uma entrevista demorada dos secretários em rádios, blogues e sites, falando sobre a importância do evento e estimulando a participação da sociedade, não teve. E não teve por falta de espaço, mas por puro desinteresse, afinal de contas, o império Aguiar tem fortes mídias aliadas, loucas por pautas relevantes. 


A mídia com força total é utilizada apenas para eventos de pré-campanha eleitoral disfarçados de inaugurações. 


Bom, mas, o fato é: o governo Betinha Aguiar não é transparente, como tenta afirmar a nota. Não é participativo, popular. É elitizado, monopolista, ou seja, de portas fechadas para o povo e sua opinião. É uma ditadura, que zomba da máxima constitucional:"todo poder emana do povo". 



Carlos Jardel