Posto de saúde em Quixadá é reabastecido de medicamentos após ameaça de incêndio em pichação - Revista Camocim

Clique na imagem e se inscreva no nosso canal


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




terça-feira, 13 de junho de 2023

Posto de saúde em Quixadá é reabastecido de medicamentos após ameaça de incêndio em pichação


Moradores do distrito de São Bernardo, em Quixadá, foram surpreendidos, na manhã nesta segunda-feira (12), com ameaças de incêndio anônimas pichadas na parede do posto de saúde local. "Cinco dias para abastecer o posto ou boto fogo", escreveram em tinta preta. A notícia logo se espalhou pelo distrito e chegou à zona urbana.


Segundo portais de notícias de Quixadá, a unidade de saúde estava desabastecida de medicamentos há dias e a prefeitura não dava um retorno concreto sobre quando regularizaria a situação. Essa seria a motivação para o protesto.


Em nota, a prefeitura de Quixadá alegou que houve um atraso na entrega dos remédios aos 25 postos de saúde do município devido ao feriado de Corpus Christi, celebrado na última quinta-feira (8), mas garantiu que os pedidos feitos pela unidade de São Bernardo foram entregues nesta segunda (12).


"Recebemos a primeira parcela de medicamentos da Pactuação Programada Integrada (PPI) em 3 de junho e trabalhamos incansavelmente no final de semana para garantir a distribuição dos kits de medicamentos em todas as 25 unidades de saúde do município, seguindo o cronograma de solicitação. Infelizmente, o feriado de Corpus Christi atrasou a entrega dos medicamentos para o São Bernardo, que ocorreu somente hoje", informou, em nota, a Secretaria Municipal da Saúde.


'VANDALISMO'


Na mesma nota, a prefeitura também afirmou que estão sendo feitos reparos na estrutura física do posto de saúde e repudiou "veementemente os atos de vandalismo e ameaças ocorridos".


"A Prefeitura de Quixadá está empenhada em evitar que situações como essa se repitam. Pedimos à população que nos informe sobre qualquer irregularidade ou problema relacionado aos serviços municipais", afirmou a gestão.


Diário do Nordeste