Deputado denuncia descaso da Enel que prejudica o sistema de abastecimento de água no distrito do Parazinho - Revista Camocim

Clique na imagem e se inscreva no nosso canal


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 31 de maio de 2023

Deputado denuncia descaso da Enel que prejudica o sistema de abastecimento de água no distrito do Parazinho

 Energética se compromete a resolver o problema em 20 dias.



A Prefeitura de Granja, segundo o deputado estadual Romeu Aldigueri, "há mais de um ano investiu R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil reais) com a compra de um sistema de bombas e filtros para fazer o tratamento adequado da água que abastece a população da sede de Parazinho, Folha Larga, Córrego da Raiz e adjacências, bem como a construção de duas novas adutoras que duplicaram a oferta de água dessa região. 


"Está tudo pronto desde dezembro de 2022 e a ENEL até o momento não fez as ligações devidas do novo transformador que precisa, tendo em vista que as novas bombas são muito mais potentes e demandam a carga de energia elétrica muito maior", disse o deputado.


Ainda conforme Romeu, "devido ao período invernoso a água do açude está muito mais barrenta e toda a população do Parazinho está prejudicada, porque o sistema de filtração de água moderno, que a Prefeitura comprou para a estação do SAAE, há um ano, ainda não está em funcionamento, por conta  da "inoperância e desrespeito da ENEL", frisou Aldigueri, líder do Governo Elamano na Assembleia. 


 Energética se compromete a resolver o problema em 20 dias.



Ainda ontem, o deputado acompanhou a Prefeita de Granja, Juliana Aldigueri, o Diretor do SAAE, Francisco Aquino e o Secretário Municipal de Finanças, Adriano Teixeira, em uma reunião com a Diretoria Estadual da ENEL, que se comprometeu, através do Dr. Osvaldo Ferrer, a resolver definitivamente a questão no prazo máximo de 20 dias.


Carlos Jardel