Foragido do Ceará que gravou vídeo desafiando a polícia é capturado no Mato Grosso do Sul - Revista Camocim

Se inscreva nosso canal no YouTube


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




sexta-feira, 14 de abril de 2023

Foragido do Ceará que gravou vídeo desafiando a polícia é capturado no Mato Grosso do Sul



Johnnes da Silva Gomes, de 29 anos, foi preso, em Ladário, no Mato Grosso do Sul, na manhã desta quinta-feira (13). Em 2021, o suspeito estava em liberdade condicional, mas quebrou a tornozeleira com um facão e gravou um vídeo desafiando uma autoridade policial. Ele era foragido por atuar em crimes na região de Jucás, no Interior do Ceará.


Utilizando-se de um facão e de um alicate, fazendo questão de divulgar através de vídeo nas redes sociais, descumprimento por completo a medida decretada como condição para sua liberdade", informou Lincollin Ferreira Guedes, delegado de Polícia, em ofício enviado à Comarca de Jucás. 


Conforme o Ministério Público do Ceará, Johnnes ameaçou um policial militar e "denota grave risco à ordem pública". O vídeo está em segredo de justiça. O suspeito é investigado por porte ilegal de arma de fogo. Johnnes foi capturado após o cumprimento de um mandado de prisão preventiva, na cidade de Ladário, no estado sul-mato-grossense. Ele estava foragido desde 2021 e já possuía antecedentes criminais por de arma de fogo de uso não permitido. 


PRISÃO NO MATO GROSSO DO SUL


A captura aconteceu após troca de informações entre as Polícias Civil do Ceará e do Mato Grosso do Sul. No momento da prisão, o suspeito estava na posse de um veículo com sinais de adulteração.


Johnnes foi conduzido para uma unidade da Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante pelo crime de adulteração de veículo e por porte ilegal de arma de fogo. 


O homem foi encaminhado para uma unidade prisional e será recambiado ao Ceará, onde será entregue à disposição da Justiça. A Delegacia Municipal de Jucás segue investigando a participação de Johnnes em outros crimes na cidade cearense.


Diário do Nordeste