Barroquinha - Ministério Público identifica irregularidades e pede que Jaime Veras suspenda a contratação temporária e realize Concurso Público - Revista Camocim

Se inscreva nosso canal no YouTube


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quinta-feira, 27 de abril de 2023

Barroquinha - Ministério Público identifica irregularidades e pede que Jaime Veras suspenda a contratação temporária e realize Concurso Público


Após constatar inúmeras irregularidades, o Ministério Público Estadual, por meio do Promotor de Justiça, Dr. Rodrigo Calzavara, notificou o prefeito de Barroquinha, Jaime Veras, para que suspenda, imediatamente, o processo seletivo simplificado para a contratação de servidores temporários e realize Concurso Público. 


O Revista Camocim teve acesso ao documento ministerial. Confira o trecho em que o Promotor aponta algumas irregularidades.


O Promotor Rodrigo também recomendou aos vereadores para que não votem o projeto de contratação temporária apresentado pelo prefeito. 



Alfinetada

O aviso foi dado, mas o prefeito, que não é surdo, não ouviu.


Se o Jaime já vinha penando com a oposição de Barroquinha, agora a coisa ficou mais séria, porque entrou em cena o Ministério Público!


E agora Jaime? Vai fazer concurso ou vai fazer igual seu líder político de Camocim, que desdenhou da recomendação do Promotor e agora está sofrendo uma ação civil pública?


Prefeito, escute!!! Procure para sua paz, e não para o seu espinhaço.


Carlos Jardel