Vereadora Yanny Brena foi vítima de feminicídio, aponta laudo da Pefoce - Revista Camocim

Clique na imagem e se inscreva no nosso canal


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quinta-feira, 23 de março de 2023

Vereadora Yanny Brena foi vítima de feminicídio, aponta laudo da Pefoce



O laudo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) aponta que a vereadora Yanny Brena (PL), de 26 anos, foi morta pelo namorado, Rickson Pinto, de 27 anos, que se matou em seguida. Os detalhes do laudo serão apresentados em coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (23), na Casa da Mulher Cearense de Juazeiro do Norte.


Foram encontradas no corpo da vereadora marcas de briga corporal como dentes quebrados, hematomas e até a mandíbula quebrada. Yanny Brena teria sido morta na sala de sua casa por meio de esganadura e em seguida levada para o quarto e enforcada já morta.


No último dia 3, a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) informou, por meio de nota, que a principal linha de investigação apontava para um caso de feminicídio. “A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) investiga as circunstâncias de duas mortes registradas na manhã desta sexta-feira (3), em Juazeiro do Norte. A principal linha de investigação é que o caso trata-se de um feminicídio seguido de suicídio“, dizia um trecho da nota.


Os corpos de Yanny Brena e do namorado Rickson Pinto foram encontrados na casa da parlamentar, no bairro Lagoa Seca, na manhã do último dia 3 de março, por uma empregada doméstica que trabalhava para o casal.


Yanny era formada em medicina e foi eleita presidente da Câmara Juazeiro em novembro do ano passado, e permaneceria no mandato até 2024. A vereadora foi a segunda mulher na história do Legislativo da cidade a ser eleita presidente da Câmara Municipal.


Ceará News 7