Tereza Raquel, filha de Jucilene e Neta da dona Antônia das Tapiocas, é aprovada em medicina! - Revista Camocim

Clique na imagem e se inscreva no nosso canal


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




quarta-feira, 1 de março de 2023

Tereza Raquel, filha de Jucilene e Neta da dona Antônia das Tapiocas, é aprovada em medicina!



De família humilde, criada pela mãe Jucilene e pela vó Antônia, mais conhecida por dona Antônia das Tapiocas, a jovem estudante Tereza Raquel Ferrari Monteiro, de 19 anos, natural de Martinópole, sempre estudou em escolas públicas e nunca frequentou cursinhos. Foi movida pelo amor e dedicação aos estudos, o que lhe fez conquistar notas excelentes na sua vida estudantil.  Aos 18 anos, ingressou na Universidade Federal do Cerá — UFC, por meio do Exame Nacional do Ensino Médio — Enem, para cursar psicologia. No entanto, seu sonho sempre foi se formar em medicina. Sonho que, neste ano, começou a se tornar realidade, quando, ao repetir o Enem, atingiu a pontuação 969,8 em matética, o que lhe conferiu o direito de cursar a tão desejada medicina, na mesma universidade. 


A Tereza Raquel é para sua família, principalmente para sua mãe e vó, motivo de orgulho. Só elas e Deus sabem os desafios enfrentados no cotidiano para bem educar a filha/neta. Por tanto, nada mais prazeroso do que colher o resultado de todo o amor e carinho aplicado na formação do caráter e da personalidade do ser amado.  


A Raquel é também exemplo e estímulo para os demais estudantes de famílias pobres do nosso Ceará e Brasil, que sonham com um futuro melhor e mais digno, a ser conquistado através dos estudos. 


Parabéns, Raquel! Seja feliz! 


Em tempo


A conquista da estudante é também uma conquista de vários profissionais da educação — professores, coordenadores, diretores e demais — que se doam com amor ao ensino público, num sistema sempre carente de melhoras significativas. Seres humanos confiantes no futuro promissor, crentes de que somente a educação poderá salvar a sociedade e o mundo. 


Carlos Jardel