Rickson tentou simular suicídio de Yanny Brena após cometer o feminicídio - Revista Camocim

Se inscreva nosso canal no YouTube


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




sexta-feira, 24 de março de 2023

Rickson tentou simular suicídio de Yanny Brena após cometer o feminicídio



A Polícia Civil do Ceará (PC-CE) divulgou, nesta quinta-feira (23), os detalhes do inquérito policial sobre as mortes da presidente da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte, Yanny Brena, e Rickson Pinto. Segundo as investigações, o assassino tentou simular o suicídio da vereadora após matá-la. O crime ocorreu no dia 2 de março e os corpos de ambos foram encontrados na residência da vereadora, no bairro Lagoa Seca, no dia seguinte.


“Ao chegarmos no local, percebemos diversas inconsistências em um suposto duplo suicídio. E o resultado da investigação apontou que a jovem Yanny Brena foi morta pelo Rickson. Na verdade estávamos diante de um feminicídio, com simulação de suicídio, seguido de suicídio”, informou o delegado geral da Polícia Civil, Márcio Gutierrez, em coletiva de imprensa.


A delegada Suerda Bezerra Ulisses, que é titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Juazeiro do Norte, revelou que Rickson Pinto não aceitava o término do relacionamento com Yanny Brena. “Apesar da aparente harmonia do casal, o relacionamento era conturbado. O estopim foi um diálogo visualizado por uma testemunha, na tarde de 2 de março de 2023. O Rickson disse ‘e aí, o que você decidiu?’. E a Yanny respondeu ‘eu já não queria você, e agora que você me bateu, você acha que eu ainda vou querer?“, relatou. Além disso, a vereadora havia relatado para pessoas próximas a insatisfação com o relacionamento com Rickson.


Detalhes do crime


O laudo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) confirmou que as causas das mortes de Yanny e Rickson foram por asfixia. Os vestígios analisados esclarecem que a dinâmica mais provável é que as duas vítimas estavam no interior do imóvel, quando entraram em uma luta corporal. Além dos ferimentos causados pelo enforcamento, Yanny tinha escoriações internas e externas; Rickson também tinha escoriações, principalmente no braço direito. Embaixo das unhas de Yanny havia material genético de Rickson. Assim como embaixo das unhas dele havia material genético dela.


Durante a ação, Yanny teria recebido um golpe conhecido como “mata leão” e ficado inconsciente. Ela foi levada para a sala do imóvel, onde foi colocada em suspensão incompleta. Os vestígios apontam ainda que não havia sinais de arrombamento na residência que indicasse a presença de uma terceira pessoa no local. De acordo com os levantamentos periciais, Rickson teria cometido o feminicídio, tentou forjar uma situação de suicídio de Yanny, e concluiu o fato com o seu suicidio. Os corpos dos dois foram localizados suspensos pelo pescoço e sentados. Conforme investigação, a morte de Yanny teria ocorrido por volta de meia-noite do dia 3 de março. A morte de Rickson teria ocorrido após o fato, entre 4 e 8 horas do dia 3.


A investigação


Para realizar a investigação, foram ouvidas 25 testemunhas, e analisadas mais de 60 horas de imagens de câmeras de segurança da rua onde aconteceu o fato e de outros locais da cidade. O relatório conta com mais de 400 páginas.


Ceará News 7