Elmano amplia para 71% o número de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral no Ceará - Revista Camocim

Clique na imagem e faça seu pedido

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva

Clique na imagem para falar com um atendente


Clique na imagem para obter mais informações



Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional




sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Elmano amplia para 71% o número de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral no Ceará

Mais 80 escolas; Camocim, Granja e Chaval estão na relação dos municípios contemplados 



Mais 80 escolas de Ensino Médio da rede pública do Ceará passam a oferecer ensino em tempo integral, segundo anunciou o governador Elmano de Freitas (PT), na manhã desta quinta-feira (26). Com a ampliação, 71% das escolas estaduais passam a oferecer a jornada de sete a nove horas diárias.


A meta de Elmano é de chegar ao fim do primeiro mandato, em 2026, com 100% das escolas da rede estadual assim.


Durante o anúncio, o governador pontuou que o objetivo é garantir a universalização do modelo na rede pública até 2028. As novas 80 escolas representam a ampliação da presença do ensino de tempo integral em 66 municípios cearenses. "Nós apostamos nessa política", afirmou o petista, lembrando que o modelo de ensino em tempo integral foi implantado há mais de uma década, nas gestões do então governador e atual senador Cid Gomes (PDT).



Elmano também ressaltou que os resultados obtidos pelas escolas estaduais em tempo integral do Ceará nas avaliações externas ratificam a decisão de ampliar o modelo.


MODELO DE EDUCAÇÃO


O modelo citado pelo governador faz parte do Programa Ceará Educa Mais, composto por 25 ações. Ao todo, existem 341 Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI) e outras 131 Escolas Estaduais de Educação Profissional (EEEPs) no Ceará. 


Em 2023, por exemplo, serão mais de R$ 300 milhões investidos nas novas escolas de ensino em tempo integral. O recurso deve ser utilizado para ampliação, adaptação e até aquisição de equipamentos para a mudança. 


Dos 66 municípios em que as escolas desse modelo serão ampliadas, 27 receberão unidades em tempo integral pela primeira vez: Aiuaba, Alcântaras, Apuiarés, Arneiroz, Campos Sales, Cariré, Cedro, Chaval, Croatá, Ererê, Fortim, General Sampaio, Graça, Groaíras, Icapuí, Ipaumirim, Ipueiras, Itatira, Jaguaretama, Monsenhor Tabosa, Novo Oriente, Pacujá, Palhano, Potiretama, Quiterianópolis, Santana do Acaraú e São Luís do Curu. 


Ofertando tempo integral a partir da 1ª série do Ensino Médio, estas escolas chegam a 157 cidades cearenses, com 68 delas apenas em Fortaleza. Conforme o Governo, elas foram instaladas em locais com maiores índices populacionais. 


CONFIRA TODOS OS 66 MUNICÍPIOS:


Acaraú

Aiuaba

Alcântaras

Apuiarés

Aquiraz

Arneiroz

Araripe

Barro

Beberibe (2)

Camocim

Campos Sales

Cariré

Cariús

Carnaubal

Cascavel

Caucaia

Cedro

Chaval

Chorozinho

Coreaú

Crateús

Croatá

Cruz

Ererê

Fortaleza

Fortim

General Sampaio

Graça

Granja

Groaíras

Icapuí

Icó

Ipaumirim

Ipu (2)

Ipueiras (2)

Itaitinga

Itapipoca

Itapiúna

Itatira

Jaguaretama

Juazeiro do Norte (2)

Jucás

Maranguape

Mauriti

Monsenhor Tabosa

Morrinhos

Novo Oriente

Nova Russas

Pacujá

Palhano

Parambu

Pedra Branca

Pires Ferreira

Potiretama

Quiterianópolis

Quixeramobim (2)

Quixeré

Santa Quitéria

Santana do Acaraú

São Benedito (2)

São Gonçalo do Amarante (2)

São Luís do Curu

Tabuleiro do Norte

Tianguá 


Diário do Nordeste