Cooperativas de Transportes turísticos de Jijoca de Jericoacoara irão protestar contra as taxas abusivas cobradas pela prefeitura de Camocim - Revista Camocim

Colégio Marujo, 15 anos! Na rota da educação!

Colégio Marujo, 15 anos! Na rota da educação!
Clique na imagem

Contato: (88)9 9937-1998

Contato: (88)9 9937-1998

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







quarta-feira, 18 de janeiro de 2023

Cooperativas de Transportes turísticos de Jijoca de Jericoacoara irão protestar contra as taxas abusivas cobradas pela prefeitura de Camocim

 

Donos de transportes turísticos de Jijoca de Jericoacora, cooperados, irão protestar na sexta-feira, dia 20, contra a cobrança abusiva de Alvará exigido pela prefeitura de Camocim, por Lei Municipal, divulgada recentemente. 


Com a lei municipal, a Prefeita Betinha e o secretário do Turismo, Ricardo Vasconcelos, proíbem no litoral camocinense a circulação e estacionamento de veículos de passeios de Jeri sem o Alvará. A medida passa a valer no início de fevereiro. 
 



Os proprietários de transportes ameaçam, caso a prefeita de Camocim não reveja a Lei e os valores, paralisar todas as atividades na região do Guriú — Tatajuba, Lago Grande e Lagoa da Torta — prejudicando economicamente, de forma drástica, a atividade turística no município, que sobrevive do trabalho desenvolvido pelas cooperativas de passeios de Jericoacoara. 


Carlos Jardel