Perturbação do sossego alheio: moradores do Bairro Cruzeiro reclamam do som abusivo do Simão Center Park - Revista Camocim

Colégio Marujo, 15 anos! Na rota da educação!

Colégio Marujo, 15 anos! Na rota da educação!
Clique na imagem

Contato: (88)9 9937-1998

Contato: (88)9 9937-1998

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







sábado, 31 de dezembro de 2022

Perturbação do sossego alheio: moradores do Bairro Cruzeiro reclamam do som abusivo do Simão Center Park

Moradores do bairro Cruzeiro estão reclamando do abuso sonoro praticado pelo Simão Center Park  durante as atividades noturnas do equipamento. 


"Eles [do park] aumentam o volume do som sem piedade, incomodando a vizinhança. Ninguém consegue descansar, dormir, conversar ou assistir uma televisão" , reclamou um morador, informando que os idosos e doentes são os mais prejudicados.


Ontem, sexta-feira (30), de acordo com outro morador,  um grupo de idosas foi ao Park pedir para diminuir o volume do som. "Na hora,  eles até que baixaram, mas,  foi só as idosas darem as costas que aumentarem o volume . Desrespeito", disse.


Os moradores tentaram ligar para o 190 da Polícia Militar, mas, "o número parecia estar com problemas: não completava as ligações".


Alfinetada 


Precisa diminuir o volume do som.  As pessoas vão para se divertir nos brinquedos,  e não para dançar ou perder o juízo. 


Tem que respeitar a vizinhança e deixar de cometer o crime de perturbação do sossego alheio. 


Carlos Jardel