Governo do Ceará e gigante australiana avançam em processo de instalação de usina de hidrogênio verde - Revista Camocim

Colégio Marujo, 15 anos! Na rota da educação!

Colégio Marujo, 15 anos! Na rota da educação!
Clique na imagem

Contato: (88)9 9937-1998

Contato: (88)9 9937-1998

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







quarta-feira, 9 de novembro de 2022

Governo do Ceará e gigante australiana avançam em processo de instalação de usina de hidrogênio verde

 

Na manhã desta quarta-feira, 9, no balneário de Sham el-Sheikh, no Egito, o governo do Ceará e a gigante australiana Fortescue celebraram um Term Sheet, que é um documento que vincula o Memorando de Entendimento e o pré-contrato com Companhia do Desenvolvimento do Complexo do Pecém (CIPP S/A) ao projeto de instalação de uma unidade de produção de Hidrogênio Verde no estado.


O documento foi assinado pelo controlador da Fortescue, Andrew Forrest, pela governadora Izolda Cela, e pelo presidente da CIPP S/A, Danilo Serpa.


O projeto da Fortescue prevê, na sua primeira fase, a produção de H2V equivalente a 1 GW (gigawatts), no que serão investidos “alguns bilhões de dólares”, segundo uma fonte do governo cearense presente ao evento.


A mesma fonte acrescentou que, “neste momento, o projeto da Furtescue no Pecém é o maior do mundo para a produção do H2V”. 


A fonte teve o cuidado de acrescentar: “Trata-se de uma novíssima área de investimento que, nas próximas semanas e meses evoluirá, pois serão anunciados, proximamente, nos projetos que consumirão muito mais bilhões de dólares”.


De acordo com essa fonte, a governadora Izolda Cela e seu secretário de Desenvolvimento Econômico, Maia Júnior, “estão muito felizes com a celebração desse Term Sheet (folha de termos em tradução literal), pois ele na representa mais um grande passo na direção do Hub do H2V do Pecém”.


Diário do Nordeste