Forças Armadas não identificam irregularidades nas urnas e fazem sugestões para melhorias no sistema - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

26 de novembro: Show do Hungria em Camocim no Ilha Park

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







quinta-feira, 10 de novembro de 2022

Forças Armadas não identificam irregularidades nas urnas e fazem sugestões para melhorias no sistema



As Forças Armadas divulgaram nesta quarta-feira (09), o relatório da fiscalização realizada pela entidade no processo eleitoral deste ano. Apesar de solicitar acesso a mais detalhes do código-fonte (termo utilizado na programação para se referir ao esquema de funcionamento de um determinado programa) e sugerir alterações para aprimorar o Sistema Eletrônico de Votação (SEV), o documento de 63 páginas não apontou nenhuma irregularidade nos processos de execução das atvidades da urna eletrônica.


O documento assinado pelas três maiores patentes das Forças Armadas Brasileira, foi produzido com base nas informações disponibilizadas pelo Tribunal Superior Eleitoral durante processo de testagem das urnas e do SEV.


O TSE, por meio de nota, respondeu ao relatório enviado pelas Forças Armadas (FA), afirmando que recebeu com satisfação o documento final, assim como de todas as entidades fiscalizadoras. Confira a seguir nota do Tribunal Superior Eleitoral e Relatório enviado pelo Ministério da Defesa.


Nota:


“O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recebeu com satisfação o relatório final do Ministério da Defesa, que, assim como todas as demais entidades fiscalizadoras, não apontou a existência de nenhuma fraude ou inconsistência nas urnas eletrônicas e no processo eleitoral de 2022”.


“As sugestões encaminhadas para aperfeiçoamento do sistema serão oportunamente analisadas. O TSE reafirma que as urnas eletrônicas são motivo de orgulho nacional, e que as Eleições de 2022 comprovam a eficácia, a lisura e a total transparência da apuração e da totalização dos votos”, declarou Moraes.


Ceará News 7