Emanoel Vieira diz que se absteve de votação para "não se queimar" e não dar o prazer para o Jardel lhe esculhambar - Revista Camocim

Clique na imagem e se inscreva no nosso canal


Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas

Clique na imagem e conheça nossos produtos e ofertas


Clique na imagem e fale com a gente

Em Camocim, hospede-se nos hotéis Ilha Park e Ilha Praia Hotel. Clique na imagem e faça sua reserva




sexta-feira, 7 de outubro de 2022

Emanoel Vieira diz que se absteve de votação para "não se queimar" e não dar o prazer para o Jardel lhe esculhambar



O vereador Emanoel Vieira, líder da prefeita na Câmara, se absteve da votação do Requerimento de autoria do vereador Neto Vaulino, que trata de auxílio financeiro para universitários carentes de Camocim, para, segundo ele, "não se queimar".


"Eu não vou me queimar", declarou durante a votação completando "não vou dar o prazer do Jardel me esculhambar na semana".  E respondendo a um questionamento de um vereador de sua bancada ele finalizou: "o Jardel para mim, é um lixo". 


A fala do vereador foi captada pelo microfone da câmera que filmava a sessão enquanto os votos eram contabilizados. 


Todos os vereadores da bancada de oposição se abstiveram da votação. O Requerimento foi aprovado e segue para a análise da prefeita Betinha. 



Alfinetada


Primeiro: o  Jardel ao qual o Emanoel Vieira se refere é este que vos escreve. Neste caso, devolvo: lixo é o vereador Emanoel Vieira. 


Segundo: a abstenção do vereador e de seus compassas não os livra da alfinetada. É como costuma dizer o vereador César Veras: "se abster é o mesmo que votar contra". Ou seja, a bancada da prefeita votou contra o auxílio para os universitários e comprovou novamente que não têm interesse algum em ajudar os estudantes. 



No mais, fico feliz em saber que minhas críticas e opiniões influenciam nos posicionamentos e decisões do vereador Emanoel Vieira, o meu santo! 


Carlos Jardel