Cid Gomes negocia futuro partidário após segundo turno das eleições - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

26 de novembro: Show do Hungria em Camocim no Ilha Park

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







terça-feira, 18 de outubro de 2022

Cid Gomes negocia futuro partidário após segundo turno das eleições



Aliados da família Ferreira Gomes apostam que senador Cid e o prefeito Ivo Gomes devem deixar o PDT após o segundo turno das eleições. O motivo seria o racha causado no primeiro turno das eleições para o Governo do Ceará. As informações são do colunista Igor Gadelha, do portal Metrópoles.


Em entrevista a coluna, aliados afirmam que a permanência de Cid e Ivo ficou insustentável após o racha, que teria causado, inclusive, uma divisão dentro do PDT no Ceará. Diante desse cenário, a aposta é que Ciro Gomes assuma o comando do PDT no Estado, enquanto o senador e o prefeito de Sobral migrariam para o outro partido. O destino mais provável seria o PSB.


Na última segunda (10), Cid reuniu deputados do PDT em seu gabinete, em Fortaleza, para definir apoio a candidatura de Lula (PT) no Ceará. Na oportunidade, o senador também tratou do novo cenário político após a eleição de Elmano de Freitas (PT) ao Governo do Estado.


Contudo, após o encontro, o presidente regional do PDT Ceará, André Figueiredo, que não esteve presente na reunião, desautorizou as negociações do senador sobre a adesão do PDT à campanha do petista. A declaração foi dada em entrevista à Rede Plus FM de Crateús.


Ceará News 7