Pesquisa Ipec Ceará: Elmano tem 30%; Capitão Wagner tem 29%; Roberto Cláudio, 22% - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





quinta-feira, 22 de setembro de 2022

Pesquisa Ipec Ceará: Elmano tem 30%; Capitão Wagner tem 29%; Roberto Cláudio, 22%



O levantamento, encomendado pela TV Verdes Mares, é feito pelo Ipec, criado por ex-executivos do Ibope Inteligência que encerrou as suas atividades.


A terceira rodada da pesquisa Ipec para a disputa do Governo do Ceará indica um empate técnico na liderança entre Elmano de Freitas (PT) e Capitão Wagner (União Brasil), com o petista numericamente à frente.


Os dados, divulgados nesta quinta-feira (22), apontam Elmano com 30% das intenções de votos. Capitão Wagner aparece em seguida, com 29%. Roberto Cláudio (PDT) é apontado por 22% dos entrevistados. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.  


A pesquisa foi encomendada pela TV Verdes Mares e ouviu 1.200 pessoas entre os dias 19 e 21 de setembro. A soma dos percentuais pode não totalizar 100% em decorrência de arredondamentos. 


O candidato Zé Batista (PSTU) e Chico Malta (PCB) têm 1% das intenções de votos cada. Serley Leal (UP) não pontuou. Brancos e nulos representam 9% dos entrevistados. Outros 8% disseram não saber ou não responderam à pesquisa. O nível de confiabilidade é de 95%. 


SE A ELEIÇÃO PARA GOVERNADOR DO CEARÁ FOSSE HOJE E OS CANDIDATOS FOSSEM ESTES, EM QUEM O(A) SR.(A) VOTARIA? (ESTIMULADA %):    


Elmano Freitas (PT): 30% 

Capitão Wagner (União): 29%

Roberto Cláudio (PDT):  22%

Chico Malta (PCB):  1%

Zé Batista (PSTU):  1%

Serley Leal (UP): 0%

Branco/Nulo: 9%

Não sabe/Não respondeu: 8%


O levantamento foi realizado pelo instituto Ipec Inteligência e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob número BR-02694/2022 e no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) sob protocolo CE-03914/2022. O nível de confiança estimado é de 95%. Ao todo, foram ouvidos 1.200 eleitores, de forma presencial, de 56 municípios cearenses.  


RODADAS ANTERIORES DA PESQUISA IPEC 


A primeira pesquisa Ipec para o Governo do Estado foi divulgada no último dia 1º de setembro. Nela, Capitão Wagner e Roberto Cláudio estavam tecnicamente empatados. O candidato do União Brasil estava numericamente à frente, com 32% das intenções de votos, Roberto Cláudio tinha 28% e Elmano de Freitas (PT) era apontado por 19% dos entrevistados. 


À época, Zé Batista tinha 1% das intenções de votos. Chico Malta (PCB) e Serley Leal (UP) não pontuaram. Brancos e nulos representavam 10% dos entrevistados. Outros 10% diziam não saber ou preferiram não responder à pesquisa.   


Já a segunda rodada da pesquisa Ipec foi divulgada no último dia 9 de setembro. Nela, Wagner aparecia na liderança isolada, com 35% das intenções de votos. Elmano aparecia em seguida, com 22%. Roberto Cláudio era apontado por 21% dos entrevistados, em situação de empate técnico com o adversário do PT. 


Zé Batista (PSTU) e Chico Malta (PCB) tinham 1%. Serley Leal (UP) não pontuou. Brancos e nulos representavam 9%, outros 12% diziam não saber ou não responderam à pesquisa. 


REJEIÇÃO  


Os entrevistados também responderam sobre quais candidatos “não votariam de jeito nenhum”. Nesse quesito, o candidato Capitão Wagner (União) aparece com 35% de rejeição. Em seguida, vem Zé Batista (PSTU), com 18%.  


Com 17% de rejeição, aparece Elmano de Freitas (PT). Em seguida, Roberto Cláudio (PDT), com 16%, e Chico Malta (PCB), com 15%. Serley Leal (UP) tem 11%. Há ainda 4% que disseram poder votar em todos. Não souberam ou preferiram não opinar correspondem a 18% dos entrevistados.  


Na primeira rodada da pesquisa, Capitão Wagner tinha 29% de rejeição. Em seguida, apareciam Roberto Cláudio e Zé Batista, ambos com 18%. Com 16% de rejeição, vinham, em seguida, Elmano de Freitas e Chico Malta. Dos entrevistados, 11% diziam que não votariam em Serley Leal "de jeito nenhum". Havia ainda 7% que diziam poder votar em todos. Outros 23% não souberam ou preferiram não opinar. 


Na segunda rodada, Wagner apareceu com 29% de rejeição. Elmano e Zé Batista tinham 17%. Com 16% de rejeição, aparecia Roberto Cláudio. Em seguida, Chico Malta, com 15%, e Serley Leal, com 8%. Havia ainda 4% dos eleitores dizendo que podiam votar em todos os candidatos. Não sabiam ou preferiam não opinar representavam 21% dos entrevistados. 


Os participantes das pesquisas podem citar mais de um candidato, portanto os resultados somam mais de 100%.  


ESPONTÂNEA  


Na pesquisa espontânea, quando o entrevistador não apresenta os nomes dos candidatos, Elmano de Freitas (PT) tem 24%. Já Capitão Wagner (União) e Roberto Cláudio (PDT) aparecem em seguida com 20% e 13%, respectivamente. Chico Malta (PSTU) somou 1% das intenções. Serley Leal (UP) e Zé Batista (PSTU) não pontuaram.  


Outros nomes foram citados por 1% dos entrevistados. Brancos e nulos somam 7%. De todos os eleitores ouvidos pela pesquisa, 34% disseram não saber ou preferiram não opinar. 


Na primeira rodada do levantamento, Capitão Wagner pontuava com 15%, Elmano de Freitas e Roberto Cláudio tinham 11%. Chico Malta (PCB), Serley Leal (UP) e Zé Batista (PSTU) não foram citados pelos eleitores. Outros nomes foram citados por 8% dos entrevistados. Brancos e nulos somavam 6%. De todos os eleitores ouvidos pela pesquisa, 50% diziam não saber ou preferiram não opinar. 


Na segunda rodada, Capitão Wagner estava tecnicamente empatado com Elmano de Freitas, apresentando 22%, enquanto o petista acumulava 17% das intenções de votos. Roberto Cláudio, com 13%, estava tecnicamente empatado com Elmano. Chico Malta e Zé Batista não pontuaram. Serley Leal não foi citado pelos eleitores. Outros nomes foram citados por 3% dos entrevistados. Brancos e nulos somavam 8%. De todos os eleitores ouvidos pela pesquisa, 37% diziam não saber ou preferiram não opinar.


Diário do Nordeste