Eleitor mais 'fiel' é de Elmano e Capitão Wagner; de Roberto Cláudio é mais disposto a mudar o voto - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





sexta-feira, 2 de setembro de 2022

Eleitor mais 'fiel' é de Elmano e Capitão Wagner; de Roberto Cláudio é mais disposto a mudar o voto

Pesquisa de intenção de voto para o Governo do Ceará realizada pelo instituto Ipec Inteligência mostrou quão decididos estão os eleitores cearenses sobre o candidato em que votarão no dia 2 de outubro. Segundo os dados, Elmano de Freitas (PT) e Capitão Wagner (União) têm o eleitorado mais "fiel", enquanto os eleitores de Roberto Cláudio (PDT) são os mais propensos a mudar de candidato. 


Entre os que apontaram Elmano de Freitas como candidato escolhido para governar o Ceará, 66% afirmaram que a decisão é definitiva. Capitão Wagner (União Brasil) está com percentual bem próximo: 62% dos que declararam votos nele, afirmaram que a decisão é definitiva. Por outro lado, apenas 55% dos que declararam voto em Roberto Cláudio afirmam que não devem mudar o candidato escolhido.


O pedetista, por sua vez, é quem tem mais eleitores dispostos a mudar o voto: 43% disseram que podem mudar de candidato escolhido até o dia da votação. Capitão Wagner e Elmano de Freitas tem percentuais menores de eleitores dispostos a mudar de voto: 37% e 31%, respectivamente. O nível de confiabilidade do levantamento é de 95%.


IPEC CEARÁ


A pesquisa IPEC Ceará foi encomendado pela TV Verdes Mares e ouviu 1.200 pessoas entre o dia 29 de agosto e a última quarta-feira (31).


Ao todo, foram ouvidos eleitores, de forma presencial, de 56 municípios cearenses. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.


O levantamento foi realizado pelo instituto Ipec Inteligência e está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob número BR-05276/2022 e no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) sob protocolo CE-08708/2022. 


VOTO ÚTIL


Sem citar os candidatos, a pesquisa também mediu o quanto os eleitores estão dispostos a votar em um candidato que não seja a preferência, apenas para evitar que outro vença. 


Dentre os entrevistados, 13% apontaram que tem chance muito alta de votar em um candidato para impedir a vitória de outro. Por outro lado, 18% afirmou que essa chance é muito baixa.


Confira os dados:


Muita alta: 13%

Alta: 18%

Média: 20%

Baixa: 24%

Muito baixa: 18%

Não sabe ou não respondeu: 8%


Por outro lado, a maioria dos entrevistados mostrou baixas chances de deixar de votar no candidato de sua preferência para votar em outro que tenha mais chances de ganhar. Apenas 5% afirmou que a chance disso ocorrer é muito alta, enquanto 28% afirmou que a possibilidade dessa mudança é muito baixa. 


Confira os dados:


Muita alta: 5%

Alta: 11%

Média: 17%

Baixa: 30%

Muito baixa: 28%

Não sabe ou não respondeu: 8%


Diário do Nordeste