Parada pela Diversidade Sexual do CE ocorre na Beira-Mar no domingo (7); veja programação e desvios - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







sábado, 6 de agosto de 2022

Parada pela Diversidade Sexual do CE ocorre na Beira-Mar no domingo (7); veja programação e desvios


Após dois anos sem o evento, a 21ª edição da Parada pela Diversidade Sexual do Ceará acontece neste domingo (7). A parada será realizada na Avenida Beira-Mar, das 15h às 22h, com reforço no esquema de segurança e alterações no trânsito no entorno. Há expectativa de aproximadamente 600 mil pessoas na parada.


A Prefeitura de Fortaleza divulgou que a concentração acontecerá em frente ao Hotel Beira Mar e o percurso segue até a Avenida Barão de Studart. Neste ano, a ideia dos realizadores é reforçar a importância de votar com consciência e contra a LGBTIfobia.


MUDANÇAS NO TRÂNSITO


A partir da meia-noite deste domingo, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) atuará com a presença de agentes, orientadores de tráfego, circulação de viaturas em rota e acompanhamento em tempo real das vias por meio de câmeras de videomonitoramento.


A opção de desvio para os condutores que desejem se deslocar no sentido Oeste-Leste é utilizar a Av. Abolição.


Ao todo, 60 agentes de trânsito e operadores de tráfego estarão na área. Haverá reforço da frota de ônibus com 23 veículos, de acordo com a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). A tarifa social pode ser utilizada, com valor de R$ 3,30 (inteira) e R$ 1,50 (meia) nas passagens de ônibus. 


SEGURANÇA


Atuarão na Parada: 75 policiais militares, 54 guardas municipais e 14 bombeiros. Ocorrências policiais serão registradas no 2º Distrito Policial (DP), com exceção das que envolverem crianças e adolescentes (irão para a DCA) e violência contra mulheres (irão para a DDM).


A população pode solicitar atendimento de ocorrências pelo número 190, da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). 


Diário do Nordeste