Elmano propõe mais recursos para municípios que construírem escolas de tempo integral - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





quarta-feira, 24 de agosto de 2022

Elmano propõe mais recursos para municípios que construírem escolas de tempo integral



Candidato ao Governo do Ceará, Elmano de Freitas (PT) reforçou a intenção de universalizar a escola de tempo integral no Estado, inclusive com incentivos às prefeituras que construam unidades escolares neste formato nos municípios cearenses. 


Ele propôs a destinação de maior parcela dos recursos do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para estas cidades. 


"Hoje, o ICMS é distribuído para os municípios tendo como base os resultados de avaliações externas. Eu quero acrescentar que aquele município que mais investir para ter mais escola em tempo integral, também tenha mais recursos" 

ELMANO DE FREITAS

Candidato ao Governo do Ceará

Ele acrescentou ainda a importância não apenas das escolas de Ensino Fundamental 1 e 2 de tempo integral, mas também creches. 


Elmano de Freitas é o primeiro entrevistado pela TV Diário e Verdinha dentro da cobertura eleitoral do Sistema Verdes Mares.  


UNIVERSALIZAÇÃO E BOLSA PARA ESTUDANTES


O candidato reforçou a intenção ainda de universalizar, caso eleito, as escolas de tempo integral de responsabilidade do Governo do Estado. A meta, segundo Elmano, é que isso ocorra até 2026. "Quero fazer até antes, quero o mais rápido possível todos os jovens do Ceará em escolas de tempo integral", ressaltou. 


Ele afirmou ainda que pretende criar bolsas voltadas aos jovens do Ensino Médio para combater a evasão escolar - um problema agravado pós-pandemia de Covid-19. 


"Eu sei que vamos encontrar um jovem que ajuda a família com alguma renda. Eu vou estabelecer uma bolsa. (...) Se eu imaginar 100% dos jovens no Ensino Médio, tem o jovem que se não der a bolsa, eles vão abandonar, porque a família conta com a pequena ajuda que ele dá em casa". 

ELMANO DE FREITAS

Candidato ao Governo do Ceará


O candidato ressaltou ainda a ampliação de bolsa voltada também para estudantes das escolas do Estado que são voltadas à busca ativa. "É uma bolsa que os jovens recebem para ajudar o colega a não abandonar a escola", afirma. 


Ele disse ainda que pretende fortalecer o reforço escolar, como forma de contribuir com a recomposição de conteúdos escolares - problema que também foi agravado após a pandemia. Além disso, ele pretende "uma renovação" do Programa Alfabetização na Idade Certa (Paic) como forma de contribuir com esse processo nos municípios. 


CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL


Elmano de Freitas afirma que é necessário fortalecer "a articulação da educação com o projeto de desenvolvimento econômico" no Ceará. O que envolve a capacitação profissional de jovens tanto para o emprego formal como para uma formação voltada ao empreendorismo. 


Ele afirmou que pretende ampliar a parceria com empresas de tecnologia para a capacitação de 100 mil jovens na área de tecnologia. O Projeto C-Jovem foi lançado pela governadora Izolda Cela (sem partido) em abril com o atendimento de quase 5 mil jovens. 


O candidato citou ainda capacitações em parceria com o Sebrae voltada para o empreendedorismo, além da necessidade de formação voltado a empregos na área de energias renováveis. 


"Queremos discutir com os prefeitos como a gente começa (o ensino de) inglês na Educação Infantil. Vamos ajudar ios municípios a introduzir uma segunda língua (nessa fase)", acrescentou o candidato. 


PASSE LIVRE


O petista também propôs o passe livre para o transporte coletivo na Região Metropolitana de Fortaleza, inspirado na experiência de Caucaia - onde o prefeito Vitor Valim anunciou a passagem gratuita ainda em 2021.


A proposta se ampliaria, inclusive, para Fortaleza, em horários limitados. 


"Temos condição, de em parceria com a Prefeitura de Fortaleza, garantir que todas as vias que vão para o Centro de Fortaleza também tenham o passe livre fora do horário de pico".

ELMANO DE FREITAS

Candidato ao Governo do Ceará


DERROTAS ELEITORAIS


Agora candidato ao Governo do Ceará, Elmano de Freitas já se candidatou a outros dois cargos majoritários: prefeito de Fortaleza (em 2012) e prefeito de Caucaia (em 2020). No entanto, não obteve vitória em nenhum dos dois pleitos. 


Indagado se esse desempenho eleitoral pode prejudicá-lo na corrida pelo Palácio da Abolição, Elmano de Freitas afirmou que "talvez passar por esses processos de derrota sejam importantes para valorizar, fortalecer a humildade, a capacidade de ouvir e perceber que tem que aperfeiçoar e melhorar". 


Ele citou ainda que o ex-presidente Lula (PT) passou por três derrotas antes de chegar à presidência da República, assim como o ex-governador Camilo Santana (PT) também foi derrotado em disputa para a Prefeitura de Barbalha. 


"Eu estou muito tranquilo quanto a isso, porque o fundamental nessa eleição são os problemas que as pessoas têm a partir de um governo desastroso do Bolsonaro. (...) No Ceará, uma convicção enorme de que o trabalho realizado pelo governador Camilo deve continuar. Devemos continuar fortalecendo essas políticas, inovando essas políticas e corrigindo alguma coisa", afirmou. 


CPI DAS ASSOCIAÇÕES MILITARES 


No segundo mandato como deputado estadual, Elmano de Freitas foi relator da CPI das Associações Militares, que encerrou em julho deste ano. No relatório final aprovado pela comissão, ele pediu o indiciamento de três pessoas ligadas a Associações de Profissionais da Segurança, incluindo o vereador de Fortaleza, Sargento Reginauro (União Brasil).


O parlamentar faz parte do grupo político liderado pelo deputado federal Capitão Wagner (União Brasil), adversário de Elmano na disputa pelo Governo do Ceará. 


Para Elmano, no entanto, a comissão não teve um caráter político. "Eu não fui para a CPI nem para condenar nem para absolver ninguém", disse o petista. Ele afirmou ainda que os pedidos de indiciamentos feitos por ele foram baseados em áudios apresentados durante as sessões da CPI. 


"Eu fui para a CPI investigar uma situação. Ao final, eu apresentei à sociedade o que apurei, indiciei aquilo que eu entendia que eu tinha provas. O que estou informado é que o Ministério Público tem discutido a denúncia dessas pessoas", ressaltou.


PROPOSTAS PARA SEGURANÇA


O candidato aproveitou para afirmar que pretende implementar algumas sugestões feitas por ele no relatório final da CPI, como o Hospital da Polícia Militar e a criação de núcleos de atendimento psicológicos nos batalhões. 


"A última coisa que precisamos na polícia é política partidária dentro dela. Mas tem gente do Ceará que quer fazer política-eleitoral dentro da Polícia Militar", criticou.


Elmano também apresentou propostas de ações na área de segurança pública no Estado, que envolvem "fortalecer a inteligência no Ceará". Ele citou o Centro Integrado de Segurança Pública, cuja ordem de serviço foi assinada pelo ex-governador Camilo Santana em 2021 e que pretende unificar comandos das forças de segurança. 


"Profissionais de inteligência para acompanhar e descobrir como essas organizações estão planejando e atuando no Ceará. Em seguida, nesse mesmo espaço, vai estar o comando da PM, da Polícia Civil, dos Bombeiros. Nós vamos ter a informação mais qualificada e o comando de decisão, que eu vou estar lá pessoalmente", destacou.


Diário do Nordeste