Vereador Jodeal afirma ter recebido propostas para se vender ao grupo de Jaime Veras: "disse NÃO. Caráter é para poucos". - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





sexta-feira, 8 de julho de 2022

Vereador Jodeal afirma ter recebido propostas para se vender ao grupo de Jaime Veras: "disse NÃO. Caráter é para poucos".


Entenda 


Ao comentar postagem  em rede social, o pastor evangélico André Araújo Moreira insinuou que o vereador Jodeal, da base da oposição, era um político “imprudente” por apresentar Requerimento na Câmara cobrando transparência do gestor municipal sobre duas emendas parlamentares somadas em R$ 400 mil, destinadas aos cofres municipais pelos deputados Sérgio Aguiar e Domingos Neto. 




Ao rebater a crítica do pastor, o vereador informou que recebeu propostas financeiras do grupo politico de Jaime Veras, mas as recusou afirmando que não é mercadoria em ponto de venda. Inclusive a  primeira proposta teria sido feita pelo próprio líder religioso André Araújo, na época aliado do ex-prefeito Professor Ademar.  


A saber:  Araújo Moreira mudou de grupo politico logo  que Jaime Veras  assumiu o governo. 


“Que fique bem claro: não estou a venda! Não sou mercadoria, nem faço jogo sujo como o Senhor [pastor], quis que eu realizasse, traindo todos os eleitores que me confiaram o voto e traindo minha liderança política, Professor Ademar”, declarou Jodeal.




Vereadores da oposição de Barroquinha com o ex-prefeito Ademar
 e o deputado Romeu Aldigueri.



A postagem do vereador em resposta ao pastor André

André Araújo Moreira, o Sr. Sabe o que significa prudência? Caso não tenha recordações do que a gramática diz então vamos lá.


Prudência: calma, ponderação, sensatez, paciência ao tratar de assunto delicado ou difícil.


Tive CALMA quando após ter tomado conhecimento do êxito da eleição em não me precipitar diante das dificuldades que viriam;


Tive PONDERAÇÃO quando refleti e pensei em todos os 692 votos que obtive e não quis decepcionar ninguém; 


Tive SENSATEZ ao manter o equilíbrio principalmente emocional quando recebi do Sr. umas das propostas de me vender e tive paciência para pedir a Deus Graça e muita sabedoria, pois sem essas atribuições talvez eu não tivesse me mantido firme como alguns desejavam e o como o Sr. Queria. 


Caráter é para poucos, coisa que o Sr. não têm e talvez não demonstrará ter, não me aproveito de oportunidades momentâneas, quando adotei o slogan de minha campanha eu sabia do peso da responsabilidade se não vejamos: PRINCÍPIOS, VALORES E VIRTUDES! 


Como bom CRISTÃO, tenho tentado prezar por esses atributos. 


Até entendo o porquê de tanta pressão vinda do blog, de alguns aliados do Dep. S.A, do Prefeito, e de tantos outros: essa semana mais uma vez assediado por propostas financeiras em nome desses políticos quem realizam a VELHA política. Com muita honra e garra pude dizer mais um NÃO.


 Que fique bem claro, não estou a venda! Não sou mercadoria, nem faço jogo sujo como o Sr., quis que eu fizesse, traindo todos os eleitores que me confiaram o voto e traindo minha liderança política, Professor Ademar.


Alfinetada


Acima, o pastor, de vermelho, babando Ademar,
abaixo, de preto, bajulando Sérgio e Jaime Veras.



O pastor André percorreu o mesmo caminho dos idiotas e perdeu a oportunidade de ouro de ter ficado calado. Pagou para ver seu nome exposto em relatos de episódios que destroem o caráter público e atentam contra os valores do cristianismo. 


Ficou mais ou menos assim: o pastor evangélico que  negociou financeiramente seu voto e apoio politico com quem criticava! Ou, como queira: “o pastor que se vendeu para seu adversário político para permanecer do lado de quem detém o poder; o pastor apaixonado pelos privilégios do poder”. 


Carlos Jardel