PSDB critica pesquisa, amplia isolamento do PDT e se junta ao PT, PV, PP, PC do B e MDB para discussão sobre candidatura ao Governo - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





quinta-feira, 7 de julho de 2022

PSDB critica pesquisa, amplia isolamento do PDT e se junta ao PT, PV, PP, PC do B e MDB para discussão sobre candidatura ao Governo



O PSDB, por meio de nota assinada, na noite desta quinta-feira, pelo presidente da Executiva Regional, Chiquinho Feitosa, criticou a pesquisa como principal critério para escolha do nome ao Governo do Estado, impôs mais isolamento ao PDT e se juntou ao PT, PV, PP, PC do B e MDB para os partidos aliados serem ouvidos na definição da candidatura ao Palácio da Abolição.


O bloco formado pelo PT, PV, PP, PC do B e MDB divulgou manifesto em apoio à reeleição da Governadora Izolda Cela. O presidente do PSDB, Chiquinho Feitosa, que declarou apoio a Izolda cobra que todos sejam ouvidos para consolidar ainda mais o projeto administrativo do Estado do Ceará.


‘’Entendemos que, embora legítima, a pesquisa eleitoral a três meses do pleito, e sem aprofundamento de cenários, não seria o principal balizador’’, afirma a nota do PSDB, ao defender, ainda, que ‘’o alinhamento de idéias e projetos, bem como a capacidade de aglutinar apoios, serão fundamentais nesse processo, que deve seguir de forma absolutamente democrática’’.


A nota do PSDB é aberta com um apelo para a abertura de diálogo entre os partidos aliados ao Palácio da Abolição. ‘’Nós do PSDB, que compomos o arco de aliança que tem ajudado a governar o estado do Ceará nos últimos anos, com a garantia de muitos avanços, afirmamos aqui nosso desejo de participar de forma mais efetiva do processo de escolha do (a) candidato (a) que irá representar esse projeto nas eleições ao Governo do estado, no próximo mês de outubro, através do diálogo respeitoso e transparente, cabendo ao PDT a condução desse processo”.






Ceará Agora