Petrobras reduz em R$ 0,15 litro de gasolina vendida para distribuidoras - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





quinta-feira, 28 de julho de 2022

Petrobras reduz em R$ 0,15 litro de gasolina vendida para distribuidoras



O preço médio de venda da gasolina da Petrobras para as distribuidoras cairá de R$ 3,86 para R$ 3,71 por litro a partir desta sexta-feira (29). O novo valor representa uma baixa de R$ 0,15.


Considerando a mistura obrigatória de 73% de gasolina A e 27% de etanol anidro para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço ao consumidor passará de R$ 2,81, em média, para R$ 2,70 a cada litro vendido na bomba.


A empresa ressaltou que a queda acompanha a evolução dos preços de referência estabilizados em patamar inferior para a gasolina. O novo valor também é "coerente com a prática de preços da Petrobras, que busca o equilíbrio dos seus preços com o mercado global, mas sem o repasse para os preços internos da volatilidade conjuntural das cotações internacionais e da taxa de câmbio", disse em nota. 


BAIXA ANTERIOR


Esse foi o segundo reajuste de valor do litro de gasolina em pouco mais de uma semana. O preço atual de R$ 3,86 passou a valer no último dia 20 de julho, quando substituiu os R$ 4,06 cobrados anteriormente. Até então, a redução havia sido de R$ 0,20.


Ao anunciar a medida, a estatal apontou que a parcela paga passaria de R$ 2,96, em média, para R$ 2,81 a cada litro vendido na bomba. 


No Ceará, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) calcula que o preço do combustível caiu em média R$ 1,01 entre os meses de junho e julho.


Diário do Nordeste