'Meu partido decidiu que não terei direito a concorrer à reeleição', diz Izolda após decisão do PDT - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





terça-feira, 19 de julho de 2022

'Meu partido decidiu que não terei direito a concorrer à reeleição', diz Izolda após decisão do PDT


A  governadora Izolda Cela falou na noite desta segunda-feira (18) sobre a decisão do diretório do PDT em escolher Roberto Cláudio como pré-candidato ao Governo do Ceará.


"Meu partido PDT decidiu hoje, em reunião de diretório, que não terei o direito a concorrer à reeleição. Respeito a decisão. Seguirei firme, com força e coragem, honrando meu mandato e trabalhando muito pelo nosso Ceará. Sempre com respeito e verdade. A luta continua!

IZOLDA CELA

Sobre decisão do PDT


O ex-prefeito de Fortaleza teve 55 votos contra 29 de Izolda. O deputado estadual Antônio Granja se absteve de votar. O senador Cid Gomes e o ex-ministro Ciro Gomes não participaram da reunião.


Ao longo das últimas semanas, Izolda mobilizou o maior movimento de apoios públicos por parte de deputados estaduais e de prefeitos cearenses. Pelo menos 60 gestores municipais fizeram publicações nas redes sociais em defesa da governadora.


Diante de apoios também a Roberto Cláudio e sem consenso, o partido decidiu deixar a decisão para o diretório regional. 


"Estamos juntos, governadora! A luta continua!", escreveu o deputado federal Idilvan Alencar (PDT) ao repercutir a fala da governadora.


A deputada federal Luzianne Lins (PT), histórica opositora de Roberto Cláudio, prestou solidariedade a Izolda: "Teve seu direito à reeleição impedida pela violência política de gênero".


O ex-governador Camilo Santana (PT) também comentou sobre a governadora estar fora da disputa. "Lamento muito que a primeira mulher governadora do Ceará não poderá concorrer à reeleição, após decisão do PDT", escreveu nas redes sociais.


Diário do Nordeste