Diretor de Caixa é encontrado morto na sede do banco em Brasília, diz colunista - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





quarta-feira, 20 de julho de 2022

Diretor de Caixa é encontrado morto na sede do banco em Brasília, diz colunista



Sérgio Ricardo Faustino Batista, diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa, foi encontrado morto na noite desta terça-feira (20) no edifício-sede do banco, na região central de Brasília. A informação é do colunista Rodrigo Rangel do portal Metrópoles. 


O caso está sob investigação. Apurações preliminares indicam que o homem tirou a própria vida.


O corpo foi encontrado na área externa do prédio por vigilantes que estavam de plantão. A ocorrência foi registrada pela Polícia Civil do Distrito Federal. A Polícia Federal foi comunicada.


DIRETOR ATUAVA EM SETOR DE DENÚNCIAS


A morte do diretor chama atenção porque a diretoria de Sérgio Faustino Batista tem relação direta com o mais recente escândalo a envolver o banco.


A Diretoria de Controles Internos e Integridade (Decoi) é responsável pelo recebimento e acompanhamento de denúncias feitas por funcionários por meio dos canais internos do banco.


Conforme matéria do colunista Rodrigo Rangel, o diretor morto tinha 54 anos e seguiu no cargo mesmo após a mudança na presidência da Caixa. Funcionário de carreira, antes ele havia integrado a equipe que assessorava diretamente o gabinete de Pedro Guimarães.


A Polícia Civil do Distrito Federal,  "o caso segue em apuração, preliminarmente tipificado como suicídio, em razão da vítima ter sido encontrada já sem vida no lado externo do prédio sede da Caixa Econômica Federal".


Ainda de acordo com a polícia, "por política de comunicação institucional, a PCDF somente informa os dados básicos quando da ocorrência desse tipo de fato. A 5ª Delegacia de Polícia investiga o caso".


Em nota, a Caixa manifestou "profundo pesar pelo falecimento do empregado Sérgio Ricardo Faustino Batista", e disse que colabora com as investigações. "Nossos sinceros sentimentos aos amigos e familiares, aos quais estamos prestando total apoio e acolhimento. O banco contribui com as apurações para confirmar as causas do ocorrido", diz o texto.


Diário do Nordeste