Mulher desaparecida foi encontrada viva, trancada em banheiro de barraca na Praia das Barreiras, em Camocim - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





sábado, 30 de julho de 2022

Mulher desaparecida foi encontrada viva, trancada em banheiro de barraca na Praia das Barreiras, em Camocim

Dono da barraca não verificou o banheiro


Marilia Antônio Lima Araújo, conhecida como " Marília ", desapareceu ontem, sábado (30), por volta das 17h, na praia das Barreiras. Os famíliareas e amigos realizaram buscas na extensão da praia até o Farol por acreditarem que o pior poderia ter acontecido.  


Hoje, domingo (31), pela manhã, o irmão de Marília recebeu uma ligação informando que uma mulher havia sido encontrada trancada no banheiro de uma barraca na Praia das Barreiras. Era a mulher procurada. Estava viva. Havia sido "esquecida".


Marília, já no final da tarde de ontem, com a barraca já encerrando as atividades,  foi ao banheiro e não lembra ao certo o que aconteceu.  Ela estava acompanhada de uma amiga que havia se ausentado da barraca por alguns instantes, e que ao retornar não mais a encontrou. Ela logo imaginou em alguma tragédia e , nervosa,  não a procurou no banheiro. 


O proprietário do estabelecimento contou aos familiares da mulher que trancou o banheiro após perguntar se havia alguém.  Segundo ele, ninguém respondeu.


Marília não lembra se adormeceu no banheiro.  Ela havia consumido cerveja, em pouca quantidade. Contudo, o proprietário da barraca não se preocupou em entrar no banheiro para verificar. 


Ela passou a noite chorando e gritando pedindo socorro, que só chegou pela manhã. Ela se encontra bem, em casa com os filhos e toda a família.  


A situação dramática é traumática serve de alerta para proprietários de estabelecimentos dessa natureza [barracas de praia, restaurantes , lanchonetes etc].


A situação poderia ter acontecido com alguém  com problemas cardíacos  ou com saúde mental fragilizada.  A própria situação abala a saúde mental da pessoa. Sem falar que maltrata psicologicamente os familiares. 


Carlos Jardel