Motorista de transporte escolar exige que moradores tape buracos da estrada, caso contrário ele deixará de trasportar os alunos da comunidade - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







quinta-feira, 2 de junho de 2022

Motorista de transporte escolar exige que moradores tape buracos da estrada, caso contrário ele deixará de trasportar os alunos da comunidade

De acordo com o motorista, já que a prefeitura não faz o serviço, a obrigação é dos moradores



O episódio ocorreu no Boqueirão dos Liras, interior de Camocim.  Clique no player e ouça a denúncia da moradora. 


 


Alfinetada


O motorista está equivocado ou se fazendo de louco ao inverter a ordem das coisas: a obrigação de fazer a manutenção das estradas é, e sempre foi, da prefeitura. Para isso o cidadão, do campo e da cidade, pagam os impostos. Compete ao povo apenas a ação de cobrar as melhorias, e não se submeter a esse tipo de ameça de motoristas. Aliás, essa cobrança do motorista deveria ser direcionada ao governo municipal. 


Além de trocar as bolas, o motorista deve ter esquecido que o salário dele, referente ao aluguel do carro,  é pago pelo povo, o que significa dizer, em outras palavras, neste caso, que ele é empregado do povo e não patrão ou ordenador do povo.


Esse caso precisa ser levado ao conhecimento da Secretária da Educação, ao setor da prefeitura responsável pela manutenção das estradas e ao conhecimento da prefeita.


Carlos Jardel