Vereadores de Tamboril trocam agressões durante sessão, e parlamentar fratura nariz; veja vídeo - Revista Camocim



Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





segunda-feira, 16 de maio de 2022

Vereadores de Tamboril trocam agressões durante sessão, e parlamentar fratura nariz; veja vídeo

Dois vereadores de Tamboril, no Sertão de Crateús, trocaram agressões físicas e verbais durante sessão na Câmara Municipal, na última sexta-feira (13). Marcos Morais (MDB) relatou ter sido atingido pelo opositor Venceslau Torres (PDT) com um soco após tecer críticas à atual gestão. (Assista a confusão no vídeo acima)


A sessão estava sendo transmitida ao vivo nas redes oficiais da Casa quando tudo ocorreu. Conforme as imagens, o emedebista é rebatido por Venceslau no momento em que discursava contra a gestão de Tamboril e o presidente da Casa, Francisco Geovani Santos de Sousa. 


“O que eu quero, senhor presidente, é que o senhor realmente assuma a cadeira de presidente que até hoje o senhor não fez ainda, e conduza essa Casa com autoridade, porque senão, daqui a pouco, isso aqui vai virar um ringue. Uma hora isso aqui pode virar um ringue de luta”, inicia Marcos.


Em seguida, Vesceslau pontua que o adversário "não respeita ninguém" e "não pode aqui estar chamando vereador de p****, de m**** e de b****", diz, citando as palavras obscenas na fala de Morais.


FRATURA NO NARIZ


Após a troca de farpas, os dois iniciaram um confronto físico, mas o ângulo da câmera da Câmara Municipal não conseguiu alcançar a violência. Morais alegou ter sofrido um golpe no rosto que fraturou o seu nariz. 


Nas redes sociais, o vereador mostra o hematoma no rosto e o nariz inchado. O parlamentar lamenta o episódio e considera que "nada justificará" a atitude do opositor.


“Durante todo esse tempo nunca fiz, e nunca farei, (se Deus quiser), nenhuma agressão física a nenhum colega de trabalho, por mais que discordasse fielmente de quaisquer posicionamentos”.


O Diário do Nordeste entrou em contato com os políticos e aguarda retorno. Essa matéria será atualizada mediante resposta. 


Diário do Nordeste