Suspeito de comemorar morte de PRFs no Ceará é preso com drogas em Goiás - Revista Camocim



Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





sexta-feira, 20 de maio de 2022

Suspeito de comemorar morte de PRFs no Ceará é preso com drogas em Goiás


Um motorista de caminhão, de 46 anos, foi preso por porte de drogas em Hidrolândia, região metropolitana da capital de Goiás, na tarde de quarta-feira (18). O homem é suspeito de gravar um áudio comemorando a morte dos dois policiais rodoviários federais assassinados em Fortaleza, na manhã de ontem. 


Após ser parado na unidade operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-153, em Hidrolândia, os policiais confirmaram que o homem era o autor de áudio que fez apologia aos PRFs mortos. A mensagem foi distribuída em grupos de WhatsApp. 


"Bom dia povo, bom dia grupo. Eu acho é pouco! Morreu só dois? Tem que fazer uma limpeza aí nessas desgraças que não deixam a gente trabalhar", dizia o suspeito no áudio. Ele ainda acrescenta: "fica implicando com tudo. É bom pra ver se eles aquietam agora o facho”.


Conforme o portal da PRF, o serviço de inteligência da corporação localizou o indivíduo após a mensagem repercutir nas redes sociais. Após descobrirem onde o homem estava, acionaram a equipe da unidade de Hidrolândia, que fez a abordagem.


Durante a fiscalização, os policiais encontraram uma porção de maconha em posse do caminhoneiro e ele confessou a autoria da manifestação criminosa feita por áudio.

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL


A PRF ainda detalhou que esta foi a segunda vez que o caminhoneiro foi flagrado com drogas.


Depois de ser detido, homem assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), oficializando o compromisso de que irá responder na Justiça por apologia ao crime e posse de drogas.


COMO OS POLICIAIS FORAM MORTOS?

 

Raimundo Bonifácio do Nascimento Filho e Márcio Hélio Almeida de Souza realizavam controle de tráfego na BR-116, em Fortaleza, quando foram surpreendidos pela atuação de um homem, identificado como Antônio Wagner Quirino da Silva. Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ele tinha 31 anos.


Vídeos feitos por motoristas que trafegavam na BR-116 mostram o momento em que os dois policiais rodoviários federais aparecem em luta corporal com o homem. O criminoso conseguiu pegar a arma dos agentes e, nas filmagens, é possível ouvir os disparos efetuados contra as vítimas.


Diário do Nordeste