Animais na estrada: Emanoel Vieira questiona Estado por não ter construído cerca na rodovia da Praia do Maceió, em Camocim. - Revista Camocim



Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





segunda-feira, 30 de maio de 2022

Animais na estrada: Emanoel Vieira questiona Estado por não ter construído cerca na rodovia da Praia do Maceió, em Camocim.

Segundo o vereador, constava no projeto de R$9,5 milhões a construção da cerca. 



O vereador Emanoel Vieira (PDT) fez um discurso na última sessão da Câmara criticando  a medida do governo do estado do Ceará que visa a apreensão de animais soltos nas rodovia CE 204, que liga Camocim a Praia do  Maceió, a fim de evitar acidentes de trânsito. Para o vereador, que também é empresário do ramo da criação de animais (gado), o governo do estado vai punir os pequenos  criadores.


"Antes  da criação da estrada, aqueles animais já eram criados ali, porque ali é área de criação das comunidades ribeirinhas", ressaltou Vieira enfatizando que a região é de vasta pastagem para as criações. 

"É do conhecimento de todos que o governo do estado onde faz obras, ele faz o cercamento de um lado e outro da via, respeitando o limite determinado pelo DNIT Ceará — Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, que é de 100 metros da margem esquerda e direita, o que não acontece na CE do Maceió", explicou o parlamentar, que também reconheceu a importância da rodovia para o desenvolvimento turístico de Camocim. 


A CE -204, inaugurada em dezembro de 2014, custou aos cofres públicos, segundo Emanoel, R$9,5 milhões. No projeto,  ainda conforme o parlamentar, constava recursos para a construção da cerca     que ele "não sabe para onde foi"


"Vamos cobrar da Superientendia de Obras Públicas — SOP, porque dos R$9,5 milhões, que gastou na estrada, eu tenho certeza que no projeto tinha a cerca. Eu não sei para onde foi, mas se todas tem, porque a do Maceió não ia ter? Fica o questionamento no ar", disparou o vereador.



Carlos Jardel