Vereador de Beberibe ameaça dar chinelada em prefeita e incita população a fazer o mesmo; veja vídeo - Revista Camocim



Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Para mais mais informações, clique na imagem





segunda-feira, 18 de abril de 2022

Vereador de Beberibe ameaça dar chinelada em prefeita e incita população a fazer o mesmo; veja vídeo


O vereador Hernandes (PSD), vice-líder da bancada de oposição na Câmara Municipal de Beberibe, ameaçou dar "chineladas" na prefeita do município, Michele Queiroz (PL), e incitou a população a fazer o mesmo quando tiver oportunidade. O caso aconteceu na sessão ordinária da última quarta-feira (13).


Em nota publicada nas redes sociais tanto da prefeitura como de Michele, o executivo municipal repudiou a atitude de estímulo à violência por parte do vereador, que acredita ter escolhido um chinelo da cor azul para reforçar o machismo em seu discurso.


"Além da gravidade da situação, envolvendo incitação à violência contra uma mulher, em um período em que tanto se debate a questão da violência e do abuso sofrido pelas mulheres, o caso ganha ainda mais notoriedade e repúdio por partir de um vereador, alguém que deveria servir de exemplo para a população beberibense", comentou a prefeitura, pedindo, ainda, que as autoridades competentes investiguem e punam a conduta do parlamentar.


O Diário do Nordeste procurou o presidente da Câmara, Júnior Bessa (União Brasil), para saber o posicionamento da Casa sobre o assunto e aguarda retorno.


ENTENDA O QUE ACONTECEU


Com pouco mais de meia hora de sessão, na última quarta-feira (13), Hernandes pediu a palavra e começou a relatar situações em que Michele teria "desfeito" alguns de seus trabalhos em determinadas comunidades de Beberibe ou em que a prefeita não teria reconhecido oficialmente seu envolvimento ou do líder da bancada de oposição, o vereador Eliackson Cordeiro (PSD), na execução de benfeitorias à população.


Nessa hora, o parlamentar puxou um cartão vermelho do bolso e disse que já teria dado um "alerta" à gestora sobre o assunto, mas que ela não teria "aprendido". Foi então que, do bolso do terno, sacou um chinelo azul e empunhou o objeto em tom de ameaça.


"Quando as pessoas mentiam para os pais, os pais corrigiam. Os pais pegavam uma chinela e 'davam na bunda', prefeita. Isso aqui é pra gente mentiroso. Você vai ter que levar umas palmadas da população. E ainda é uma azul, pra você aprender, prefeita. Pare de mentir. A população não aguenta mais, não. Nós estamos aqui pra defender o povo, pra contribuir com o povo. E você não aprende. Um cartão não bastou pra você. Agora você vai ter que apanhar. A população, olhe, é pra pegar a chinela e chibata nela".

HERNANDES (PSD)

Vereador de Beberibe


Uma hora depois, o vereador pediu novamente a palavra na tribuna e tentou botar "panos quentes" na situação afirmando haver parlamentares que querem "enterrar" a gestora. "Enterrar é pior que dar cartão e chinelada. Você enterra algo que tá morto, que quer matar", disse o vereador, que também se lamentou por a prefeita não ter contribuído "com um pingo de entusiasmo" para ele ser eleito em 2020. 


"É lamentável que alguém eleito para representar o povo tome uma atitude tão baixa e grave", concluiu a nota divulgada pela prefeitura de Beberibe.

 

 Diário do Nordeste