Posto vai vender gasolina a preço de custo por um dia no Ceará - Revista Camocim



Clique na imagem e conheça os produtos






Para mais mais informações, clique na imagem





terça-feira, 5 de abril de 2022

Posto vai vender gasolina a preço de custo por um dia no Ceará

Em Camocim e região, qual proprietário de posto se atreve?




Um posto vai vender gasolina a preço de custo em Juazeiro do Norte, no Ceará, nesta semana, para chamar a atenção dos consumidores para os valores elevados que os revendedores pagam pelos combustíveis.


De acordo com o dono do estabelecimento, David Barreto, a ação será realizada na quinta-feira (7), das 7h às 20h.


Serão vendidos 5 mil litros de gasolina comum a preço de custo, com limite de venda para cada placa, de R$ 50 para motos e R$ 150 para carros. O posto fica na CE 060, nº 1575.


O valor do litro ainda não foi anunciado, pois dependerá do preço de compra da distribuidora. Mas o desconto ficará em torno de 8%.


Hoje, a gasolina sai por R$ 7,35 no posto. Com o desconto, deve cair para a casa de R$ 6,70.


No Ceará, o preço médio é de R$ 7,47, de acordo com pesquisa da ANP (Agência Nacional do Petróleo). O mínimo é de R$ 6,89 e o máximo, R$ 7,99.


"VOU TER PREJUÍZO", DIZ EMPRESÁRIO


O empresário explica que o objetivo é deixar claro à população que "os postos não são os responsáveis pelo aumento no combustível".


"Vou revender exatamente no mesmo preço que comprei. Na verdade, vou ter prejuízo, pois não vou considerar os impostos que pago em cima da venda, que seriam a contribuição social e IRPJ (imposto de renda pessoa jurídica), os quais somados correspondem a 3%. Também não vou considerar o desperdício com evaporização e transporte do produto que chega a 0,5%, nem despesas com funcionário, energia, etc", explica.


Ele informa que a nota fiscal de compra será disponibilizada, mostrando o valor que o posto pagou pelo combustível à distribuidora.


"Se alguém está vendendo gasolina com o preço muito abaixo do mercado, tem que ter um alerta, porque a gente não tem margem para isso, simplesmente, não tem. A conta é muito simples. Então eu vou provar, mostrando o preço que estou comprando e vendendo no mesmo preço, na verdade tendo prejuízo, porque existem outros custos embutidos, que o meu preço é justo", argumenta.


Diário do Nordeste 


Em tempo: Em Camocim e região, qual proprietário de posto se atreve a fazer  essa caridade por, pelo menos, seis horas? 


Carlos Jardel