Pinto Martins comemora 130 anos abandonado na lama e no lixo em Camocim - Revista Camocim



Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Para mais mais informações, clique na imagem





segunda-feira, 18 de abril de 2022

Pinto Martins comemora 130 anos abandonado na lama e no lixo em Camocim

100 anos do vôo entre as Américas





Nunca na história de Camocim a memória do aviador Pinto Martins, filho ilustre do município, foi desrespeitada pelo poder público local como nos últimos 09 anos. A praça que tem o nome do aviador é a prova cabal de que o governo municipal está se lixando para o histórico camocinense, que se vivo teria completado 130 anos do seu nascimento  no último dia 15 de abril.  


Também neste ano se celebra 100 anos de um dos feitos mais importantes da aviação mundial, protagonizado por Pinto Martins; o primeiro vôo entre as Américas do Norte e do Sul. Ou seja, duas datas importantes a serem festejadas.


Mas a memória de pinto Martins, por parte do grupo Aguiar foi jogado literalmente na lama. Basta olhar a situação em que se encontra a Praça e a estátua do aviador. 



Alfinetadas

Há 09 anos a ex-prefeita Monica Aguiar acabou com a entrega da Comenda Pinto Martins e as comemorações feitas ao aviador foram gradativamente definhando.  A prefeita Elizabeth segue o mesmo caminho de sua antecessora: demostrando não gostar do filho ilustre de Camocim.


Cultura e Turismo


A secretaria da cultura não existe. E se existe, está escondida, sem nada fazer, apenas servindo de cabide de empregos. 


A secretaria do turismo se especializou em fazer "zoada" e  postar fotos do secretário com empresários. Enquanto o canteiro central da  Beira Mar está se transformando num depósito de brinquedos infláveis. latinhas descartáveis e muito mato. 


As duas pastas,  no quesito pinto Martins, dentre outras coisas, de nada serve! 


Carlos Jardel