Granja é a única da região que disponibiliza 04 confortáveis ônibus universitários para Sobral, nos turnos manhã e tarde/noite - Revista Camocim



Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





terça-feira, 15 de março de 2022

Granja é a única da região que disponibiliza 04 confortáveis ônibus universitários para Sobral, nos turnos manhã e tarde/noite

Já os universitários de Camocim sofrem o pão que o diabo amassou!


Primeiro a informação sobre como a prefeitura de Ganja trata os universitários que estudam em Sobral. Na sequência a nossa alfinetada na gestão de Camocim. 


"Granja desde 2013 disponibiliza os melhores ônibus da região para seus universitários e continuamos a oferecer o melhor aos nossos universitários de Sobral. São diariamente 04 ônibus: 1 ônibus pela manhã a Sobral, 3 ônibus pela tarde/noite a Sobral. Somos o único município que disponibiliza de 4 ônibus tipo executivos novos, climatizados, confortáveis e levam com segurança nossos universitários em busca de um futuro!", Juliana Aldigueri, prefeita de Granja.


 Alfinetada


Para começo de história, não existe transporte para os alunos camocinense aprovados em cursos universitários em que aulas ocorram no turno da manhã. O jeito é arrumar as malas, arrendar um apartamento e ir morar em Sobral. 


Se o estudante for filho de família rica, beleza! Mas se for filho de um assalariado ou desempregado, então  imagine a dificuldade de toda a família.


Bom, mas os universitários que estudam no turno da noite também sofrem. E sofrem pra caramba! Vejamos:


1.º Para conseguir a vaga é um verdadeiro “Deus nos acuda”, pois, chega a rolar a velha e clássica politicagem, do tipo: em quem você vota? 


2.º. São apenas dois ônibus, com o conforto para lá de duvidoso — que seria até constrangedor  comparar com os de Granja infimamente mais confortáveis. 


3.º Os ônibus não comportam todos os alunos. A demanda é maior que os ônibus e cada vez aumenta. 


4.º  Em períodos do ano letivo a prefeitura costuma negar os transportes. Com isso muitos alunos perdem aulas e ficam prejudicados. 


5.º  Não raro, os ônibus ficam no prego na estrada. 


6.º O universitário que ousar  reclamar são vigiados pelos olheiros da prefeita e sua família corre o isco de  sofrer perseguição politica. 


7.º Na Câmara de Vereadores, os aliados da prefeita tratam o assunto com a mais pura imbecilidade, arrogância e prepotência: “o  município não tem a obrigação de disponibilizar ônibus”. O César Veras jogou essa “nas ventas” dos universitários recentemente. [ele não tem formação acadêmica, é um semi-analfabeto funcional. Talvez tenha passado a vida toda colando as provas]


Não resta duvidas que a gestão de Camocim deveria aprender com a gestão Granja. 


Carlos Jardel