Vereador do PDT de Camocim chama Camilo Santana de irresponsável e sugere que a população não o eleja senador - Revista Camocim



Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





sábado, 12 de fevereiro de 2022

Vereador do PDT de Camocim chama Camilo Santana de irresponsável e sugere que a população não o eleja senador

"Espero que as pessoas se lembrem na hora de exercer o direito à democracia (voto)", disse Emanoel Vieira, em campanha eleitoral antecipada.



Os trabalhos legislativos começaram bastante movimentados na Câmara de Vereadores de Camocim. Na sessão desta sexta-feira, 11, o vereador Emanoel Vieira (PDT) utilizou a tribuna para expressar sua indignação com o decreto do Governador Camilo Santana que cancela o ponto facultativo no feriado do carnaval no Ceará.


O líder da Prefeita chamou ato de “irresponsabilidade” o fato do Governador Camilo não ter decretado o ponto facultativo no período do carnaval no estado. Emanoel saiu em defesa dos profissionais autônomos e da cadeia do turismo, bem como o setor de eventos que sofrerá prejuízos financeiros com diminuição na circulação de pessoas no tradicional período carnavalesco.


Emanoel Vieira pontuou que não estava se referindo a festas públicas promovidas por municípios, mas ao feriado.


O parlamentar, que também é empresário, citou o exemplo do governador do Maranhão, Flávio Dino, que decretara ponto facultativo em seu estado.


“É lamentável! Espero que as pessoas se lembrem disso na hora de exercer o direito a democracia (voto). Eu não concordo com o absurdo que o Governador Camilo Santana está fazendo. Tirando o ponto facultativo dos trabalhadores, ditando a autotomia dos prefeitos…”


Para encerrar, o pedetista afirmou ao colega Marcos Coelho que na hora certa falaria sobre o apoio na campanha ao governo do estado este ano.


Emanoel Vieira se diz a favor da vacinação mas os decretos acabam prejudicando a economia, a educação pública e desenvolvimento do município.


A matéria acima é do André Martins, no Camocim Portal de Notícias. 


Alfinetada


Sendo pau-mandado do deputado Sérgio Aguiar — que por sua vez é aliado e eleitor de Camilo Santana —, considero que o vereador Emanoel Vieira foi muito corajoso, ao ponto de usar a Tribuna do Legislativo municipal para realizar campanha eleitoral antecipada contra o Governador, que deverá ser candidato ao Senado. 

 

E antes que o vereador venha aqui no meu privado “encher o saco”: sim, Emanoel, vossa excelência antecipou a campanha eleitoral, quando pediu publicamente para a população não votar no Camilo Santana. 


Você disse: “Espero que as pessoas se lembrem disso na hora de exercer o direito a democracia”. Traduzindo: "Espero caro eleitor, que nas eleições deste ano você se lembre disso e não vote no Camilo Santana para Senador da república”. 


Isso além de ser desleal, porque é propaganda politica antecipada e negativa, é quebra de decoro. Sua imunidade parlamentar, o seu inviolável poder de palavra, não o credencia pára esse tipo de violação da regra eleitoral. 


Se Câmara Legislativa de Camocim tivesse moral — mas não tem — vossa excelência, além de pagar multa eleitoral, responderia a um processo na Comissão de Ética da Casa. 


Para finalizar: os vereadores têm o direito de criticar todo e qualquer ato de Governo, mas não tem prerrogativa para antecipar a campanha eleitoral no parlamento municipal, não! 


Verdade seja dito, o Vieira é especialista em polêmicas.

 

Carlos Jardel