Corrupção no Consórcio: MP e Estado na cola da ex-prefeita Monica Aguiar - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

Corrupção no Consórcio: MP e Estado na cola da ex-prefeita Monica Aguiar




O Ministério Público e o Estado estão investigando a gestão da ex-prefeita Monica Aguiar, atual Ouvidora da prefeitura de Camocim, referente ao exercício de presidente do Consórcio Público de Saúde da Microrregião, principalmente no ano de 2016, quando teria utilizado a Policlínica e o Ceo Regional para se reeleger prefeita, ultrapassando quase dez vezes a cota de atendimento estipulada para Camocim, deixando os demais municípios consorciados sem cota.


Os números da tabela acima, totalmente irregulares, foram, inclusive, apresentados pela própria Monica Aguiar, na ocasião em que tentava se defender da denúncia de falcatruas. 


É tenebroso o histórico da oligarquia Aguiar, chefiada por Sérgio, no que se refere à gestão de equipamentos de saúde pública. 


Carlos Jardel