Sobre o réveillon no Maceió: "Infelizmente falta planejamento, estrutura, visão do que realmente é o turismo e compromisso com a vila de hoje e de amanhã". - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os produtos

Clique na imagem e faça agora sua pré-inscrição. Vagas limitadas!


Para mais mais informações, clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem
R.General Tibúrcio, vizinho à Academia de Letras, Centro.Telefone: (88) 9 9422 2120.









terça-feira, 4 de janeiro de 2022

Sobre o réveillon no Maceió: "Infelizmente falta planejamento, estrutura, visão do que realmente é o turismo e compromisso com a vila de hoje e de amanhã".

Faltou segurança, saúde e o mínimo de organização



Os comentários que seguem não são deste blogueiro. Foram extraídos de um grupo de WhatsApp composto por donos de pousadas, barracas e empreendedores da Praia do Maceió. Os nomes não serão divulgados para evitar que as pessoas sejam perseguidas politicamente pela prefeita Betinha e pelo casal Aguiar.  Confira:

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Infelizmente falta planejamento,  estrutura,  visão do que realmente é o turismo e compromisso com a vila de hoje e de amanhã.  


Cuidar, preparar o Maceió para o Turismo de verdade e aconteça o ano todo,  custa caro… 


Porque ainda estamos falando em votos... números... pessoas…  


Tenho visto muitos aqui investirem em novos espaços, fazerem apostas nos serviços turísticos... isso é importante!  ... Fico feliz! 


Mas sozinhos, nada seremos! 


Viver é um ato político!  Sobreviver dele é uma escolha. 


O que precisa mudar é isso! 


Muitos lugares que cresceram como destino turístico  dependeram simplesmente de suas escolhas…  


Enfim , 


É só um ponto de vista.

--------------------------------------------------------------------------


Pela primeira vez alugamos nosso loft no Maceió, para um casal de estrangeiros que buscavam descanso para passar final de ano de forma tranquila nesse período de pandemia.


Alugamos por 7 dias nossa casa e em menos de 48h ele estão indo embora. Pediram pra sair e claro, prontamente fiz questão de fazer todo o reembolso.


 O que eu vejo perder nesse momento não é o financeiro, mas é tudo aquilo que eu imaginava que o 

Maceió poderia vir a ser como praia, como um local tranquilo para as famílias e descanso.


Mas infelizmente o que eles encontraram foi uma vila extremamente suja, extremamente desorganizada, barulhenta ao ponto de ter som alto em plena 5 horas da manhã.


--------------------------------------------------------------------------------------------------------


 Juro que não fico triste pela perca financeira. Mas fico triste pelo potencial que eu via que essa praia poderia ter, mas que infelizmente, seja por uma questão de poder público ou até mesmo dos próprio moradores e empresários, infelizmente essa praia não vai ser, enquanto tivermos as mesas atitudes.


 Eu não estou no Maceió, mas as imagens, vídeos e tudo que recebi da praia, eu falei pros meus hóspedes que não era o Maceió no qual eu saí a 5 dias atrás.


Então acho bom todos aqui refletirem sobre isso!


 E para não ser o cara que somente crítica, me coloco a disposição a todos para ajudar a como eu vejo que poderíamos tornar o Maceió não um praia como ela se mostrou ser nesse réveillon, mas sim uma praia onde todos podem faturar muito bem sem perder a tranquilidade e o equilibro que devemos ter para ser uma das melhores praias do mundo.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------


 Pois é, essa questão da poluição sonora é ambiental é um problema de todos, se cada um não fizer sua parte todos serão prejudicados…


A  área das Barracas de Praia PEDE SOCORRO ... 


O som é abusivo.  Desmedido . 


É preciso proibir todo e qualquer tipo de aparelho de reprodução sonora trazido por terceiros.


 Se já é feito assim em outras áreas do Maceió ... é preciso que seja feito nas demais.  


Em nome do bem comum ...


 PARECIA SODOMA E À PRAIA DE MACEIÓ


 Sem limites, sem fiscalização, sem guarda municipal, sem equipes de primeiros socorros e o posto de emergência fechado para os visitantes.


 2 (duas) motos da PM pra cobrir os 3 dias e noites de réveillon.


Não só aí em Maceió mais Bitupita tbm vi as pessoas jogarem lixo na praia. Falta simplesmente lixeiras! E falta um projeto de conscientização durante esse período de passagem dos turistas.


Esse período de muita gente o ideal carro lixo passar todo dia . Pelo menos nesses períodos de fluxo intenso


Pelo menos não ficariam espalhados nas praias e ruas