Camocim-ce: grupo criminoso se passa por policiais, rende dono de sucatão na zona rural e rouba 30 mil - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os produtos

Clique na imagem e faça agora sua pré-inscrição. Vagas limitadas!


Para mais mais informações, clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem
R.General Tibúrcio, vizinho à Academia de Letras, Centro.Telefone: (88) 9 9422 2120.









segunda-feira, 10 de janeiro de 2022

Camocim-ce: grupo criminoso se passa por policiais, rende dono de sucatão na zona rural e rouba 30 mil



A polícia registrou um assalto ousado realizado por uma quadrilha durante a manhã de sábado, 08, na zona rural do município de Camocim. 


Segundo apurou o blog Camocim Polícia 24h junto a polícia, era por volta de 08h20 da manhã quando a Polícia Militar recebeu informações sobre um assalto ocorrido na localidade de Baixo, próximo ao Guriú, zona rural de Camocim, mais precisamente no “Sucatão do Ricardo”.


As informações dão conta que uma quadrilha composta por cinco indivíduos portando armas de fogo e com trajes similares ao de policial civil, trafegando em um veículo provavelmente Palio Attractive prata (ou cinza), rendeu o proprietário da sucata e os funcionários, chegando a amarrá-los, e levaram uma quantia de 30 mil reais e 10 aparelhos celulares. A rota de fuga não foi mencionada.  


Após tomar ciência do ocorrido a Polícia Militar enviou ao local equipes do Raio e do P.O.G. Conforme as informações policiais, o proprietário da sucata teria relatado que os indivíduos deixaram o veículo do lado de fora, disseram que eram policiais e que estavam ali procurando produtos roubados. Ainda segundo a vítima, os homens trajavam blusas pretas com o nome da Polícia Civil e distintivos similares ao da PC. De forma agressiva, a quadrilha teria exigido do proprietário da sucata uma quantia de 200 mil reais, onde ele alegou que só teria 30 mil, momento em que os bandidos pegaram o dinheiro, os 10 celulares, amarraram todos que estavam no local e fugiram. Ainda segundo as vítimas, quatro dos indivíduos usavam máscaras e um estava de capuz. As equipes policiais realizaram diligências por toda a região, mas não conseguiram êxito. A Polícia Civil deverá investigar o caso. 


Camocim Polícia 24h