Temporal repentino assusta moradores e causa derrubada de dez árvores em Sobral - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos








segunda-feira, 6 de dezembro de 2021

Temporal repentino assusta moradores e causa derrubada de dez árvores em Sobral



Em meio ao período mais seco do ano no Ceará, moradores de Sobral, na região Norte do Estado, foram surpreendidos com uma forte chuva, acompanhada de intensa ventania e fortes trovoadas, na tarde deste sábado, 4. O temporal, que durou apenas 20 minutos, foi suficiente para causar a derrubada de pelo menos dez árvores em quatro bairros diferentes. Segundo o Corpo de Bombeiros do Ceará (CBM-CE), não houve registro de feridos.


Segundo o tenente-coronel Francisco Roberto Maciel, comandante do quartel do CBM em Sobral, apesar do estrago, não houve registro de danos materiais ou prejuízos à rede de energia elétrica. “Tivemos somente obstrução de algumas vias durante o tempo necessário para a retirada dos galhos. A maioria das quedas aconteceu em locais abertos, o que felizmente fez com que nenhuma vida humana fosse atingida”, afirmou o militar.


Os oficiais foram acionados para atender ocorrências nos bairros Coração de Jesus, Alto da Brasília, Pedrinhas e Campo dos Velhos. Para remover os troncos e galhos que foram ao chão com os fortes ventos, os agentes contaram com a ajuda de motosserras. Eles também utilizaram a ferramenta para realizar cortes emergências em diversos locais da cidade onde havia risco de desabamento de novas árvores.


Uma das ocorrências foi registrada na Escola Municipal Maria do Carmo Andrade, em frente ao Hospital do Coração. No momento da queda, não havia nenhum aluno ou funcionário na unidade de ensino, que tem funcionamento somente de segunda a sexta-feira. A árvore caiu entre a parada de uma sala e grade que separa a calçada do ambiente interno. Segundo o CBM-CE, a estrutura física não sofreu danos significativos.


Fato atípico


A chuva que banhou sobral neste sábado, 4, começou por volta das 15h50min, após uma mudança repentina no tempo, que até então estava predominantemente ensolarado e com céu aberto. A plataforma Calendário de Chuvas, da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), ainda não atualizou os dados sobre o volume de precipitações e a velocidade dos ventos. Contudo, alguns moradores com pluviômetros próprios instalados em suas residências disseram ter registrado índices entre 40 e 60 mm.


Neste domingo, 5, as condições do tempo voltaram à normalidade típica da temporada marcada por sol forte e calor intenso. Segundo a Funceme, os termômetros registraram mínima de 31,9 °C e máxima de 33,4 °C. A tendência é que as mesmas condições predominem ao longo de toda a semana.


O POVO