Moraújo – Prefeitura deixa moradores do distrito de Goiana sem água para consumo - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





quarta-feira, 22 de dezembro de 2021

Moraújo – Prefeitura deixa moradores do distrito de Goiana sem água para consumo

Depois da comunidade de Mato Verde, agora é o o distrito de Goiana, um dos maiores do município de Moraújo, que sofre com problemas de água. Goiana é abastecido por água subterrânea, extraída a partir de um poço tubular. A água é imprópria para consumo e portanto, precisa ser tratada diariamente por meio de um dessalinizador. 


Esse sistema apresentou problema e a população afirma estar sem água para consumo a cerca de 1 mês, tendo portanto, que comprar água frequentemente para manter suas necessidades diárias.


De acordo com o Plano Municipal de Saneamento Básico de Moraújo, que é ineficiente, diga-se de passagem, o sistema é de responsabilidade da Prefeitura, que por sua vez, prefere dar desculpas ao invés de resolver a questão.


O Prefeito Carlos Áquila (PDT), não aparenta preocupação com o caso, tendo em vista que até o momento, não deu nenhuma previsão concreta para solucionar um problema de tão baixo custo e que ao mesmo é tempo tão importante para os moradores da localidade.


Isso se torna contraditório, se levarmos em conta, por exemplo que, em apenas 8 meses do ano de 2021, Áquila gastou mais de R$ 18.000,00 em diárias para ele mesmo viajar, fora o bom salário de prefeito que ele já recebe. Ou seja, a questão não de recurso. É de prioridade.


E a coisa fica ainda pior: o vereador do município Vandivan, que está no seu 4º mandato, é apoiador do Prefeito Áquila e mora na localidade de Goiana e, mesmo assim, os relatos é que nem sequer um requerimento pedindo a solução do problema foi feito pelo parlamentar. Pra completar, há relatos que o cunhado do vereador é um dos que está faturando com a venda de água, enquanto não se revolve o problema.


Enquanto isso, a população sofre. 

Fica o apelo. Água é vida.


Carlos Jardel