Em Camocim, barracas de pescadores são incendidas na praia da Barrinha - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







terça-feira, 21 de dezembro de 2021

Em Camocim, barracas de pescadores são incendidas na praia da Barrinha

Moradores consideram o ato de "incêndio criminoso"


Moradores da Praia da Barrinha, em Camocim, registram o momento em que num grupo de homens desconhecido, armados com facão, tocaram fogo na barraca de palha de pescadores da região. 


As barracas, conhecido como pesqueiras, serviam como abrigo provisório dos pescadores e também como depósito de alguns dos seus materiais de trabalho no mar. 


O incêndio está sendo considerado como um ato criminoso e de intimidação dos pescadores. Contudo, a comunidade não sabe informar  quem foi o mandante e os motivos do crime. 


No vídeo, que circula nas redes sociais e em grupos de WhatsApp, o autor fala da presença de um advogado, mas não vita o nome. 


Os pescadores da região são nativos e desde sempre utilizaram a Praia livremente para trabalharem e assim garantirem o sustento de suas famílias. 


“ As terras, até onde se sabe, não possuem donos, e mesmo que tivessem, tocar fogo no equipamento de trabalho dos pescadores não seria o correto a se fazer”, relatou ao blog um popular que não terá o nome revelado para evitar que sofra represálias. 


“Os legítimos donos das terras praianas são os pescadores nativos, que nasceram e se criaram por lá, constituindo famílias e bem vivendo com todo o  ambiente”, disse. 


 O vereador Marcos Coelho, advogado, garantiu ajudar a comunidade no que for preciso. O vereador Professor  Mário Roberto, que também é advogado recebeu a denúncia de moradores e também se comprometeu em ajudar. 



Carlos Jardel