Chaval continua na Presidência do Consórcio de Saúde de Camocim. - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







sexta-feira, 17 de dezembro de 2021

Chaval continua na Presidência do Consórcio de Saúde de Camocim.


Os municípios de Camocim, Barroquinha e Martinópole, inconformados com a eleição realizada no dia 26 de março de 2021, que elegeu o Município de Chaval como presidente do Consórcio Público de Saúde da Microrregião de Camocim, para o biênio seguinte, impetraram um Mandado de Segurança contra os demais entes consorciados, os prefeitos respectivos e a Superintendente de Saúde da Região Norte.


Agora veja bem: o  Mandado de Segurança foi impetrado em Fortaleza, e o Juízo da 13ª Vara da Fazenda Pública  se julgou incompetente e remeteu o processo à Comarca de Camocim, onde se encontra a sede do Consórcio. Neste caso, o inconformismo não tem razão de ser e se justifica tão somente na tentativa de politizar a Entidade. 


O voto do Estado é técnico e se baseia no índice de mortalidade infantil, tendo sido o município de Chaval escolhido por merecimento.


Importante esclarecer que a eleição do dia 26 de março de 2021 estava marcada desde o dia 8 de janeiro do mesmo ano, quando todos os entes consorciados, representados pelos seus prefeitos, saíram convocados para a assembleia de março, que elegeria o novo presidente do Consórcio. Portanto, a assembleia do dia 26 de março foi realizada cumprindo os ditamos estatutários e aconteceu respeitando as medidas sanitárias determinadas em Decreto Estadual. Igualmente, a votação se deu abertamente, por unanimidade, nos mesmos moldes das eleições anteriores — 2013, 2015, 2017 e 2019. 


Nesse sentido, Camocim presidiu de 2013 a 2017; Martinópole de 2017 a 2019; Granja de 2019 a 2021; e por último, cujo mandato está em andamento, o município de Chaval.


Ocorre que neste dia 17 de dezembro de 2021, o Juiz Dr. Hugo Gutparakis, da 2ª Vara de Camocim, determinou a realização de novas eleições. Porém, a decisão não irá gerar nenhum prejuízo a continuidade dos trabalhos do Consórcio, e o município de Chaval, na pessoa do prefeito Sebastiãozinho permanece dirigindo a Entidade até a decisão do Tribunal de Justiça do Ceará. Tudo continua como está já que a sentença está sujeita a reanálise do Tribunal.


Carlos Jardel