Mário do Deoclécio, irmão da vereadora Mentinha, capota carro com criança após bebedeira - Revista Camocim

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Super promoção "Matrícula Premiada" do Colégio Future.

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Colégio Future com matrículas abertas para 2023

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos







segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Mário do Deoclécio, irmão da vereadora Mentinha, capota carro com criança após bebedeira

 


Mário do Deoclécio, irmão da vereadora de Granja, Mentinha, assessor político do ex-prefeito de Martinópole James Bel e do Deputado Sérgio Aguiar, mais uma vez se envolve em um acidente automobilístico.


O fato ocorreu na manhã de ontem, domingo 28, na estrada que liga a cidade de Granja à localidade de Jaguarapuaba, quando o mesmo em alta velocidade capotou o carro (fiat uno preto) que conduzia. Com ele ia também seu filho menor. Graças ao "Bom Deus", não lhes ocorreram nada de grave. 


Populares que iam passando na hora do acidente, e que socorreram as vítimas, deram conta de que Mário estava visivelmente embriagado e alterado, quando foi ajudado a sair de dentro do veículo que ficou com as 4 rodas pra cima.


Ao ser conduzido à cidade de Granja com seu filho, a família de Mário ainda tentou esconder a verdade para os familiares da mãe biológica de que não era ele quem estava conduzindo o carro e sim uma pessoa diversa, mas a versão logo foi desmentida pelos transeuntes que passavam na hora do ocorrido.


Mário já é conhecido na cidade como o “sem limites”, pois já acumula inúmeros acidentes automobilísticos na sua história, inclusive a poucos meses se envolveu em outro que lhes deixou com várias escoriações pelo corpo, fato este que foi pelo próprio divulgado em suas redes sociais.


Sabemos que acidentes acontecem, mas as circunstancias que levam a ele podem contribuir para ocorrer, como o caso de embriaguez ao volante. O que agrava ainda é o fato do mesmo andar com o próprio filho menor de idade, sem a cadeirinha de segurança obrigatória, cumulada a total falta de responsabilidade do pai que estava bebendo em um jogo que segundo informações ocorria na localidade de Jaguarapuaba.




Em consulta realizada no sistema da justiça constatamos que Mário já responde em Camocim a um processo por embriaguez ao volante e direção perigosa, onde foi preso em flagrante dirigindo em alta velocidade e dando “cavalo de pau”, quando teve que pagar fiança para ser liberado.


Carlos Jardel