Bolsonaro diz ser contra a realização do carnaval - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os cursos preparatórios e apoio educacional


Clique na imagem e conheça os produtos




Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733

Barraca Mergulhe: Contato/WhatsApp: (88) 9 9260 4733





sexta-feira, 26 de novembro de 2021

Bolsonaro diz ser contra a realização do carnaval



O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta quinta-feira, 25, que, se dependesse dele, não haveria Carnaval ano que vem. A declaração foi dada em entrevista à Rádio Sociedade da Bahia, após pergunta sobre a nova onda de Covid-19 na Europa e restrições impostas por alguns países como forma de frear o avanço da doença. Por outro lado, ele afirmou ser contra a aplicação de medidas restritivas no Brasil em razão da economia.


Questionado como via as medidas impostas na Europa e se era favorável à realização do Carnaval. Bolsonaro respondeu: "Por mim não teria Carnaval. Só que tem um detalhe: quem decide não sou eu. Segundo o Supremo Tribunal Federal, quem decide são os governadores e os prefeitos. Não quero aprofundar nessa que poderia ser uma nova polêmica."


O mandatário fez uma referência à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que deu autonomia a estados e municípios para tomar medidas de combate à pandemia, embora sem isentar o governo federal de responsabilidades. Bolsonaro, notório opositor das medidas de restrição, culpou governadores e prefeitos pelas mortes da pandemia, citando o Carnaval de 2020, que não foi cancelado. (Via OPovo)