Polícia Federal investiga prefeito e vice-prefeita de Coreaú por corrupção eleitoral - Revista Camocim













sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Polícia Federal investiga prefeito e vice-prefeita de Coreaú por corrupção eleitoral

 


O Juiz da 64ª zona eleitoral, Guido de Freitas Bezerra, determinou que a Policia Federal investigue o esquema de corrupção eleitoral montado nas eleições de 2020 na cidade de Coreaú. 


Além de processo de cassação de mandatos do atual prefeito Edézio Sitonho, sua vice, a ex-prefeita Érika Frota, bem como o vereador Chico Antonio Cristino que é irmão do deputado federal Leonidas Cristino, existem dois inquéritos na PF apurando atos generalizados de corrupção eleitoral.


Na presente data o processo de cassação está no Tribunal Regional Eleitoral com parecer da Procuradoria Regional Eleitoral pelas cassações.


Existem provas fortes dos crimes eleitorais, tais como dinheiro apreendido, lista com nomes e valores, conversas de WhatsApp com tabela de valor do voto, passagem de ônibus, troca de voto por notebook, entre outros.


Vale ressaltar que o TRE-CE tem mostrado a sociedade que seus julgamentos são isentos e corretos, à luz do bom direito e da jurisprudência atualizado do TSE.


A investigação está sob segredo de justiça por determinação da Justiça Eleitoral, a cargo do TRE devido o prefeito ter foro privilegiado.







Carlos Jardel 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.