Membros de facção expõem cabeça de jovem em vídeo após decapitação - Revista Camocim

Clique na imagem e conheça os produtos

Clique na imagem e faça agora sua pré-inscrição. Vagas limitadas!


Para mais mais informações, clique na imagem

Clique na imagem

Clique na imagem
R.General Tibúrcio, vizinho à Academia de Letras, Centro.Telefone: (88) 9 9422 2120.









quinta-feira, 23 de setembro de 2021

Membros de facção expõem cabeça de jovem em vídeo após decapitação



Um rapaz identificado apenas como Luan, de 23 anos, esquartejado no Tabapuá, em Caucaia, Região Metropolitana (RMF) teve a morte filmada e exposta na Internet. O jovem foi encontrado na quinta-feira, 16, e no dia seguinte cinco pessoas foram detidas suspeitas do crime. Uma semana após o caso, imagens de criminosos expondo a cabeça de Luan foram parar nas redes sociais.


Nas imagens os criminosos seguram a cabeça do jovem e citam o nome da facção criminosa que seria responsável pela ação. O vídeo foi gravado a noite. Os criminosos jogam a cabeça no chão e é possível ver outras partes do corpo em meio a escuridão do matagal. Enquanto filmam, eles também fazem símbolos com as mãos, que fazem referência a organização criminosa.


No dia que encontraram Luan, a Polícia relatou que apenas o tronco do corpo foi encontrado. O rapaz teve os braços, pernas e a cabeça arrancada. A morte cruel chamou atenção de moradores e, principalmente, de familiares. Nas redes sociais amigos de Luan comentavam a morte. "Te conheço desde pequeno e você não merecia a crueldade que fizeram com você", comentou um amigo.


Não houve velório para Luan, o corpo dele foi sepultado e cortejo foi acompanhado apenas por familiares. A família enlutada também utilizou as redes sociais para lamentar a forma cruel como perderam o jovem.


Operação em Caucaia 


A Polícia Civil realizou a prisão de 11 pessoas por mandados de prisão temporária relacionados a homicídios e ameaças de expulsão de criminosos contra moradores da Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Além da RMF, os policiais atuaram no bairro Conjunto Ceará, em Fortaleza, e no município de Pentecoste.


Francisco Ronald Ávila de Freitas, de 36 anos, conhecido como “Rony" foi um dos presos e é apontado como chefe de um grupo criminoso oriundo do Rio de Janeiro. Também foi preso Francisco Paulo Sérgio do Carmo de Melo, 26 anos. Outros nove mandados de prisão são relacionados a ameaças contra os moradores da região.


Foram Daniel Amarante de Souza ,19, conhecido como “Coreano”; José Adrianderson Cavalcante de Freitas, 21, conhecido como “Sinistro”; Francisco Renato Moura Beserra, 23, conhecido como “Renatinho”; Leonardo Cavalcante dos Santos, conhecido como “Coquinho”; Pedro Douglas Sales de Lima, 20, conhecido como “Satânico”; Kelton Avila Lopes, 30, Antonio Matheus Marinho Pereira ,21, conhecido como “Lourão”; além de Willadier Freitas Freitas do Monte Monteiro, conhecido como “Ladier” e João Vitor Melo de Oliveira, 23.


O POVO