Camocim - Secretária da saúde mente para o MP sobre veiculo transportar mercadorias junto com pacientes - Revista Camocim















quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Camocim - Secretária da saúde mente para o MP sobre veiculo transportar mercadorias junto com pacientes

"Trás sim, Já presenciei e tava tão cheio de caixa que tive que trazer uma caixa nas pernas de Fortaleza até Camocim. Na Topique vinha um monte de sacolas de pessoas que vai fazer feira".



A Secretária da Saúde de Camocim,  a enfermeira Priscila Gonçalves Teixeira, mentiu pro Ministério Público ao responder, mediante oficio, questões enviadas pelo Promotor de Justiça, Dr. Evânio Matos, a respeito de um denúncia feita pela paciente  Elizabeth Barbosa, que realiza tratamento de hemodiálise em Sobral três vezes por semana.


Elizabeth denunciou que o carro da saúde destinado ao transporte dos paciente serve também como transporte de mercadorias juntamente com os pacientes. 


"...No que diz respeito a reclamação da paciente, sobre mercadorias dentro do veículo, informamos a V. Exa que não transportamos mercadorias juntamente com os pacientes...", respondeu a chefe municipal da pasta da saúde.


Ocorre que a paciente desmentiu a secretária ao postar um vídeo do carro transportando mercadorias. Além disso, uma outra paciente, ao comentar o assunto revelou que já presenciou uma Topique de pacientes, que faz tratamento em Fortaleza, servindo como veiculo de carga . 


"Trás sim, Já presenciei e tava tão cheio de caixa que tive que trazer uma caixa nas pernas de Fortaleza até Camocim. Na Topique vinha um monte de sacolas de pessoas que vai fazer feira".


Na seqüência, o vídeo e o post de comentários





Sobre a falta de medicamentos, a secretária Priscila disse que abastece a população mediante compra o  "processo de compra centralizada, sob responsabilidade operacional da secretária Estadual da saúde", que tem "critérios de compra", entre eles  não efetuar aquisição  "levando em conta os nomes comerciais". 


A secretária disse ainda que que a paciente Elizabeth só aceita os medicamentos de marca. 


Em resposta a afirmação da secretária, a paciente postou: 


" Como a pessoa recebe uma receita médica e vai fazer exigir marca de medicamentos. ainda mais pra uma paciente renal com tireóidea [?]"

" Agora diga que não tem medicação . É bem melhor do que falar que a paciente tá exigindo de marca"



Carlos Jardel

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.